Site feito para fãs do seriado conversarem e jogarem RPG.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Evento [Halloween]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Caroline Forbes
Vampiro
Vampiro
avatar

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 22
Localização : De frente pro PC

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Evento [Halloween]   Ter Out 09, 2012 4:32 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Happy Halloween,
31 de Outubro à 1 de Novembro

Na Robert E. Lee High School, é uma obrigação ter uma festa em comemoração ao Halloween, onde os alunos se encontram a noite e festejam ao melhor estilo e com suas melhores fantasias, vale de tudo, desde fantasias assustadoras, as mais sexys e divertidas.
Chegando na escola, você irá para o ginásio, onde o comitê da escola organizou tudo nos mínimos detalhes para que hajam bebidas o suficiente ( e provavelmente batizada), musica boa, e alguns sustos.
Você pode optar por passar no Túnel do horror, onde você entra, e inúmeros monstros estão lá para te assustar, entre eles está o Drácula, acreditem na ironia, Samara, zumbis, fantasmas e se você conseguir sair de lá sem chorar, pode-se considerar um campeão. Muitos acham bobo a brincadeira, mas sempre, há uma grande fila para entrar no túnel.

Entrem, e divirtam-se, no melhor estilo que o Halloween pode proporcionar. E não se esqueça que a cidade toda está em festa, então, depois da escola, muitos ainda ficam nas ruas, assustando as crianças, e bebendo com amigos

E realmente, se você não sabe que deve tomar cuidado, eu só tenho a dizer-lhe uma coisa: Boa sorte!
duska do aglomerado.



some kind of happiness
Vampira. Controladora. Preferencia para Híbridos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://thevampirediariesrpg.forumeiros.com

AutorMensagem
Elijah Mikaelson
Original
Original
avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 09/09/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Seg Out 29, 2012 11:30 pm



Elijah Mikaelson

The Original Vampire






Observou a humana falar com as demais, mas logo os olhos se voltaram para Elena, ela havia exagerado mesmo na fantasia.
A bruxa amiga havia olhado para o original de forma não muito amigável, aliás para ela o presente talvez poderia ser um "vilão" disfarçado de bom samaritano. Bem assim ela passou para ele, mal sabia que o que ele estava fazendo ali não era da conta dele, mas queria apenas alerta-las, talvez fosse uma parcela de pagamento do trato que ele havia quebrado com Elena e seus amigos.
Citação :
Elijah o Original, que sempre tenta ajudar.
Assim disse Bonnie.
Não sabia o porque mais sentiu que aquela frase fora criada com sarcasmo, mesmo assim não se deixou a levar.
- Não há de que, Bonnie.
O olhar para ela fora também não muito amistoso. Elena se virou para Elijah com um aspecto mais sadio, bem mais confiante com ele.
Um abraço foi selado rapidamente entre os dois, Elijah não era muito de fazer tal ação, gostava das coisas mais cordiais, mais relacionada a cavalheirismo.
- Fico feliz em vê-la também Elena, mas dessa forma, acho meio complicado em aprovar sua presença.
Ela pôde sentir que o original havia sido afetado pela fantasia dela.
Citação :
- Olha, sei que estou parecida com ela, mas é apenas um piada.
Continuou a olha-la de forma serena e culta.
- Não precisa se explicar, digo mais uma vez, apenas tome cuidado com suas brincadeiras, elas podem te trazer muitos problemas e um deles está bem ali.
Apontou para Niklaus que ainda não havia se exaltado, por enquanto.
Citação :
- A... Elijah, desculpe, mas tenho que levar Bonnie. Senti sua falta...
Ela passou com a amiga bruxa e tocou em seu ombro mostrando um sorriso singelo, Elijah apenas pôde retribuir com a mesma ação, acompanhou um pouco ela chegando próximo ao seu irmão, se arriscava demais ao fazer tal façanha.

A festa parecia estar chegando ao fim, apenas parecia, para alguns sim, mas pra outros era um lindo começo de uma confusão. Alaric estava desmaiado aos pés de Damon, foi quando uma outra presença o surpreendeu.
- Katherine...
O som do nome dela soou em timbre baixo, ela havia tido a coragem de aparecer naquele baile, será que ela sabia que poderia encontrar dois dos originais a qual ela afetou? Não pode deixar de olhar para Elena que estava logo alguns metros da original vampira, isso poderia ficar mais perigoso para a duplicata. Elijah manteve sua postura e foi caminhando dentre os humanos que ali estavam antes de encontrar com os outros a sua frente, aparecia perante a Damon enquanto olhava para Alaric desacordado ao chão e com uma faca encravada em seu corpo e com uma tala selando sua boca.
- Alguém exagerou na fantasia, não é mesmo Damon ?
Queria disfarçar aquela ação das pessoas, algumas já olhavam assustadas para o homem caído ao chão, puderam ouvir o original falar e então se aliviaram, ainda tinham a duvida, o mínimo a fazer era sair dali, foi o que fizeram..
- Boa noite, senhorita Pierce.
Encarou Katherine de forma séria esperando a sua reação.

TAG:Katherine Pierce - Niklaus Mikaelson - Bonnie Bennett - Elena Gilbert - Damon Salvatore and Alaric Saltzman

ROUPA: Aqui

NOTAS: ...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Isobel Morgan Hottie

avatar

Mensagens : 352
Data de inscrição : 10/05/2012
Idade : 22
Localização : Mystic falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Out 30, 2012 6:52 pm


DRINK ME, KISS ME, LOVE ME - - -


O sol já estava quase se pondo, as nuvens queriam cobrir o céu imenso, mas tinha uma claridade insuportável, meus olhos reviraram várias vezes, estava cansada dessa vidinha sem agitação de Mystic Falls, queria fazer algo para me surpreender, algo para dizer que fiz uma coisa extremamente diferente.
Hoje teria uma festa, estava extremamente excitada por ela, tinha esperado algum tempo para ter algo divertido novamente nessa cidade, me olhe no espelho e fiquei alguns instantes me observando, estava apenas de calcinha short e sutiã bem apertados o que deixava meu corpo bem torneado e minhas curvas a mostra, isso me excitou bastante mais não era momento daquilo no momento, arrumei meu cabelo em um penteado simples e rápido.
Coloquei uma fantasia simples e um coturno, e fiz algumas coisas com tinta pelos braços e rosto.
‘ Lá vamos nos Isobel, novamente em uma festa”. – Meus subconsciente era tão idiota ou eu era idiota, enfim.
Terminei de me arrumar passei um perfume calmo não muito doce e sai de casa, andei alguns metros e avistei a escola com muitas pessoas para fora e uma musica algo tocando, garotas e garotas com bebidas alcoólicas na mão e tomando-as toda, eles pareciam estar se divertindo bastante com isso, que patéticos, um deles podem morrer e estão comemorando. Caminho lentamente entre eles sentindo o cheiro de sangue que corria pelas veias dos mesmos, era tão gostosa essa sensação, sorrio para um grupo de garotos e pisco algumas vezes para poder acordar, esse grupo tinha uma beleza exótica.
Entro dentro do baile e vejo vários casais dançando e pessoas dançando sozinhas, um bar com um balcão super decorado, as luzes eram bem escuras, então não dava para ver perfeitamente o rosto dos seres.
Caminho até o balcão do bar.
- Por favor um whisky.- Sorrio para o rapaz. Ele prepara meu pedido.
- Aqui. – Ele sorria e me dá o copo. Tomo um gole da minha bebida e sorrio para o mesmo.
POST: 01 │ TAGGED: Baile. ││ CREDITS: BABY DOLL @ ETVDF


Spoiler:
 

Spoiler:
 


Última edição por Isobel Morgan Hottie em Qua Out 31, 2012 4:54 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Out 30, 2012 8:23 pm







Searching for a werewolf




Já fazia um bom tempo que eu zanzava pela festa, observando as pessoas e procurando por Matthew. Como já havia previsto, acabei esbarrando em alguns monstros de verdade. Havia bruxas, vampiros e lobisomens no local, mas nem sinal do meu irmão. Enquanto andava entre o vai e vem de pessoas, captei uma confusão perto da mesa de bebidas. Alguém tinha se ferido de verdade, já que o cheiro de sangue era mais do que nítido para mim. Quando passei perto da mesa, senti o aroma de algo familiar, wolfsbane. Alguém tinha batizado as bebidas com a plantinha, sinal de que eu deveria ficar bem longe daquelas garrafas. Dei a volta pelo salão, olhando ao redor, enquanto puxava uma fotografia de dentro do bolso esquerdo de minha jaqueta. Era uma foto antiga do Matthew com a mãe dele. Minha mãe tinha encontrado a foto na carteira do meu pai e eu não tinha entendido por que ela havia escondido a fotografia dentro do diário. Mas, após ler tudo o que estava escrito lá, as coisas começaram a fazer sentido. Como eu nunca tinha visto o Matthew, aquela foto era a única coisa que poderia me ajudar a identificá-lo. É claro que ele deveria estar bem diferente agora, mas as pessoas não mudam tanto a fisionomia com passar dos anos. Ou será que mudam?

De qualquer forma, a festa estava um saco e eu não estava tendo sorte com a minha busca, então achei que era hora de dar o fora daquele lugar. Guardei a foto de volta em meu bolso e atravessei a pista de dança, chegando em uma das saídas do ginásio. Acabei indo parar em um labirinto de corredores, às vezes topando com algum ser fantasiado pelo caminho, até que encontrei uma saída que dava para os fundos do colégio. Mal passei pela porta e um barulho intenso - na verdade, uma explosão - chegou até os meus ouvidos. Ouvi gritos, sons de alarmes de carros sendo disparados, e um cheiro de fumaça que parecia vir do estacionamento. Por um momento, hesitei em ir até lá, mas depois pensei melhor. Se Matthew estivesse no colégio, talvez acabasse aparecendo no estacionamento, atraído pelo som de confusão. Ah, sim! Lobisomens adoram uma boa confusão e duvido que meu irmão fosse diferente. Além disso, Mystic Falls era o tipo de lugar que cheirava a encrenca. Uma cidade que tem vampiros, bruxas, lobisomens e sabe-se lá mais o que entre os moradores, com certeza era chamariz de muita encrenca. Sendo assim, resolvi seguir para o local do tumulto, mas procurei ficar escondida em um canto escuro do estacionamento. O lugar estava uma bagunça. A explosão tinha detonado vários carros, ainda havia fogo em alguns lugares, estilhaços de vidros espalhados pelo chão, sem contar a fumaça e um cheiro de sangue que me deixou em alerta.

Mas não era só isso, havia algo mais. Duas presenças fortes, e uma delas eu sabia dizer o que era. Um lobisomem ocultava o cheiro de alguém, enquanto permanecia caído no chão, atrás de um carro que não tinha sido queimado pelo fogo. Tentando evitar a inalação de fumaça, protegi minha boca e nariz com uma de minhas mãos, fazendo o possível para não tossir e atrair a atenção. Enquanto os observava por detrás de uma grande caminhonete preta, notei que o rapaz parecia muito mal, o que me fez pensar que talvez tivesse sido atingido pela explosão. Só então percebi o que era a segunda presença que estava sentindo. Era uma vampira, com longos cabelos ruivos e fantasiada de Poison Ivy. Estava ajoelhada ao lado do lobisomem, enquanto lhe dizia alguma coisa. - Será que foi ela que o machucou? - Sussurrei, torcendo para que nenhum dos dois pudesse me ouvir. Eu estava me arriscando. Se a vampira tinha atacado aquele lobisomem e sentisse a minha presença, eu poderia acabar me dando mal. Porém, havia algo surreal naquela cena. Eu não sei se meus olhos me enganaram, mas tive a impressão de que ela estava alimentando o lobo com seu sangue. - Uma vampira ajudando um lobisomem? Rá! Aí tem coisa. - Continuei observando os dois até que a ruiva se afastou rapidamente e saltou por sobre a cerca do estacionamento, desaparecendo na escuridão.

O sujeito permanecia lá, caído e ferido, mas não por muito tempo. Ergueu-se meio torto, tossindo algumas vezes, já que havia muita fumaça por lá, mas logo voltou a se abaixar. Parecia estar juntando algo do chão, um colar talvez, mas algo chamou a atenção dele e a minha também. Ambos olhamos na mesma direção até que sons estranhos pareciam estar se espalhando pelo lugar. Ainda havia fogo, e os tanques de alguns carros estavam vazando gasolina, o que não era um bom sinal. - Ok... Hora de dar o fora, Cassie. - Saí de trás da caminhonete e corri por entre os carros, mas eu não era a única. O lobisomem fazia o mesmo, correndo desajeitado até que conseguiu chegar do lado de fora do estacionamento. Eu, por outro lado, fiquei tão distraída acompanhando o tal lobo, que nem me dei conta da outra explosão chegando. Quando dei por mim, já estava correndo em disparada, tentando desviar dos estilhaços e das enormes labaredas que iluminavam o lugar. Quando finalmente alcancei a rua, sentindo meu coração quase sair pela boca de tanto que batia, avistei o rapaz não muito longe de mim. Uni as sobrancelhas, conseguindo enxergá-lo melhor até que meus olhos quase saltaram do rosto. - Matthew? - Havia um tom de surpresa em minha voz, mas eu não tinha certeza se era mesmo ele, ou se a fumaça estava pregando peças nos meus olhos. Outra vez, puxei a foto do meu bolso e tentei comparar o antes e o depois diante de mim. Só então tive certeza, havia encontrado meu irmão. O tempo todo ele estivera lá, enquanto eu o procurava às cegas, sem ter certeza de nada. Mas, agora ele estava ali, quase na minha frente, então não tinha porque eu duvidar. Tive vontade de correr até ele e dizer quem eu era, mas talvez não fosse uma boa hora, então aproveitando que ele se distanciava da festa, resolvi seguí-lo de perto. No caminho, eu pensaria em um jeito de entrar na vida do Matthew.






Lugar: Colégio Pessoas: Matthew e Camille Música: Laika - Black Cat Bone Vestindo: Algo parecido com isso Notas: Halloween


TANKS FOR @ BEECKY, OOPS!


ENCERRADO PARA MATTHEW E CASSIE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Mikaelson
Original
Original
avatar

Mensagens : 271
Data de inscrição : 14/04/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qua Out 31, 2012 12:46 am


Klaus Mikaelson -

Original - Hybrid


Caroline continuava relutante, ignorando meu convite, enquanto seu olhar buscava por alguém que pudesse tirá-la de minha presença. Eu sabia que a deixava incomodada, mas isso me divertia. Sempre gostei de desafiar a loira e sua língua afiada, porém certas coisas começam a ficar muito chatas depois de um tempo, e eu não pretendia passar o resto da minha noite, desperdiçando a minha atenção com Caroline. Se ela não queria dançar e preferia ficar bem longe de mim, não haveria problema. Isso só me daria a oportunidade perfeita de encontrar algo mais interessante para fazer naquela festa. Já ia dispensar Caroline, quando uma presença conhecida chamou a minha atenção, provocando-me risos ao se aproximar.

Ver a doppelganger praticamente fantasiada de Katherine era algo que eu nunca poderia imaginar, principalmente porque eu sabia o quanto Elena detestava a vampira. Aliás, essa era uma coisa que tínhamos em comum. Ela dirigiu-se exclusivamente à Caroline, nem ao menos me dando atenção, enquanto falava sobre Bonnie. Mas, isso não significa que eu esqueceria a minha educação e fosse ignorar a garota. - Elena tem razão, love. Se Bonnie não está se sentindo bem, nada melhor do que levá-la para casa. Creio que ela ficaria feliz em ter a companhia das amigas. E longe de mim querer atrapalhar vocês. Vou deixá-las a sós para que possam resolver isso entre amigas. Ah! E a propósito, Elena... - Fui obrigado a rir de novo. - Achei que você tivesse bom gosto. Vir vestida como a Katherine, não combina com você, minha querida. De qualquer forma, não deixa de ser divertido. - Dei as costas para as moças e saí, evitando esbarrar em Elijah e nem me dando ao trabalho de procurar por ele, já que meu irmão insistia em manter seus olhos vigilantes sobre mim.

Atravessei a pista de dança, misturando-me entre as pessoas até que cheguei a saída. Não tinha a intenção de passar a noite toda dentro daquele maldito ginásio, ainda mais com Elijah na minha cola. Fui andando pelos corredores, imaginando o que poderia fazer para espantar o tédio. A noite parecia promissora e eu não pretendia desperdiçá-la, então resolvi tomar um ar e pensar no que iria fazer, já que me sentia inquieto. Resolvi sair pela porta dos fundos, indo parar diretamente no campo de corridas do colégio. O lugar parecia bem mais tranquilo ali, quase deserto. Eu disse "quase", já que um cheiro vindo das arquibancadas, denunciou a presença de alguém. Curioso, caminhei lentamente pelo gramado até chegar a alta estrutura de ferro, avistando uma figura feminina. - Eu não sei quanto a você, mas eu sinto cheiro de sangue. - Eu disse, enquanto me encostava de lado na proteção de ferro que cobria a lateral das arquibancadas. Cruzei os braços, fitando a garota de cabelos longos e fantasiada de Noiva de Chucky. Ela era uma loba e estava sozinha, o que de fato me deixou muito interessado.





Tags: Halloween - Elijah, Caroline, Elena, Katherine, Bonnie, Alysha e Michael.


thanks : Lies Rizzon@ Mystical Falls

Voltar ao Topo Ir em baixo
Amber Campbell

avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 22/09/2012
Idade : 23
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qua Out 31, 2012 2:08 am




She Will Be Loved!
Beauty queen of only eighteen, she had some trouble with herself. I drove for miles and miles and wound up at your door. I've had you so many times but somehow, I want more



Assim que entrei no baile, sabia que algo ruim iria acontecer. Eu sentia a energia das pessoas, a energia do local. Haviam mais vampiros e lobisomens do que humanos, respirei fundo e adentrei no salão. A decoração estava maravilhosa e quem a fez estava de parabéns. Olhei para cada pessoa, procurando Oliver, meu único amigo e conhecido em Mystic Falls. Soltei o ar com mais força do que o esperado, ele não estava aqui.

- Halloween! - Sussurrei. - Meu aniversário tinha que ser justo no Halloween?

Fechei os olhos, indignada. Só queria comemorar com uma pessoa, mas ele não estava aqui. Andei até a mesa de ponche e peguei um pouco. Olhei a minha volta novamente e fiquei triste ao notar que já estava acabando.

Você é uma idiota, Amber!

Eu precisava me concentrar e ficar calma. Não podia deixar meus sentimentos explodirem, ou pessoas acabariam ficando machucadas. Deixei o copo de ponche que nem cheguei a beber em cima da mesa e caminhei até a bruxa, eu ouvira falar dela. Bonnie.

- Olá. Sei que não me conhece, mas... - Sorri, esticando a mão para provar que eu era do bem. - Sou Amber Campbell, prazer!

Eu queria fazer amizade com ela e a garota que provavelmente era a doppelganger. Eu olhei para o lado e depois para a garota, eu tinha que alertá-la. Sua cópia estava aqui e isso não era muito bom, era?

- Sei que vocês não me conhecem, mas há uma garota parecida com você aqui. Melhor tomar cuidado... - Falei calmamente, sabiam que essa garota me entenderia. Ambas me entendiaram.


TEMPLATE POR DEEH! DO FÓRUM AGLOMERADO

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alysha Ivashköv
Hibrido
Hibrido
avatar

Mensagens : 183
Data de inscrição : 07/08/2012
Idade : 24
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qua Out 31, 2012 4:20 pm


Trick-or-treat?
All Hallows' Day or Halloween

Na verdade, eu não sabia mais o que pensar, estava sendo idiota ao tentar pensar em tudo, menos em Koa e em tudo o que tinha acontecido entre nós dois. “Esquece isso Aly, é o melhor a se fazer...” suspirei pesadamente levando as mãos até as têmporas, massageando-as lentamente, deixando que minhas pálpebras se fechassem por alguns segundos. A sensação que a massagem trazia era sempre a mesma, eu me distraía de tudo, relaxava e não fazia o papel de garota-dinamite, pois não havia motivos para explodir. Afastei somente uma mão para apanhar um doce que tinha guardado dentro do bolso da jaqueta. Era um pirulito de morango, mas na embalagem modificada especialmente para o Halloween dizia “Sangue de Sereia”. Com um risinho baixo retirei a embalagem do pirulito e coloquei-o na boca, fechando os olhos e continuando com a massagem. A saliva doce escorria por minha garganta, provocando uma sensação gostosa, e ao mesmo tempo estranha, talvez fosse mesmo sangue de sereia. – Eu não sei quanto a você, mas eu sinto cheiro de sangue. – O sorriso que eu sustentava no rosto foi desmanchando-se aos poucos quando uma voz masculina ecoou pelo campo, fazendo-me abrir os olhos para fitar o rapaz fantasiado de Loki encostado na estrutura metálica da arquibancada. Uni as sobrancelhas, segurando o palito do pirulito, retirando-o da boca enquanto me levantava da cadeira em que estava sentada.

Era noite de Halloween em Mystic Falls e eu estava sozinha, era óbvio que qualquer pessoa estranha – estranha no sentido realmente estranha – que tentasse se aproximar poderia representar alerta vermelho de perigo. Meu radar sobrenatural berrou com a presença do misterioso homem, mas mesmo assim, a curiosidade e a teimosia me venceram. – Pensei que era impressão minha... – Respondi despreocupada, saltando como uma criança para o degrau debaixo da arquibancada, ora colocando o pirulito na boca, ora fitando o semi-deus de soslaio. – Devia estar lá dentro, curtindo a musica, a bebida, as garotas. – Soltei uma risada baixa e curta após as últimas palavras, era engraçado imaginar monstros se pegando no meio da pista de dança. O sensor de que eu estava correndo perigo ficou ainda mais em alerta quando saltei mais um degrau, diminuindo a distancia que havia entre nós dois. Não era normal eu ter tanta curiosidade, mas por algum motivo que eu não sabia explicar, aquele cara, o Loki, tinha alguma coisa que me chamava para mais perto a cada segundo. Freei a brincadeira de saltar a arquibancada quando um barulho vindo do estacionamento chamou minha atenção. Parecia um estouro e tinha cheiro de queimado. Fogo! Fosse quem fosse, a festa estava prestes a se transformar num verdadeiro inferno como o baile de máscaras.

Engoli a saliva com dificuldade, levando a mão até a barriga, onde o caco de vidro banhado com wolfsbane tinha sido enterrado. Eu quase podia sentir a dor, ardendo, dilacerando minha carne, fazendo-me encolher de dor nos braços de Koa. Cerrei as mãos em punho por estar tendo os pensamentos consumidos por um lobo que nem se quer se importava comigo. – Droga – Xinguei baixinho, mas me virei como um furacão, chutando a primeira cadeira que encontrei, lançando-a para o meio do gramado completamente destruída. Respirando pela boca, senti o corpo tremer e a palavra controle era a única que martelava dentro da minha cabeça. Eu devia ir embora da festa, talvez até mesmo da cidade, deixar tudo para trás e começar de novo, em outro país. Dei um passo na direção oposta em que o homem se encontrava, mas havia algo de muito errado ali.

post with: Klaus Mikaelson, Koa Magaskawee tags: See you in Hell by Monster Magnet notes: roupas


template by ree! from Ops!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Mikaelson
Original
Original
avatar

Mensagens : 271
Data de inscrição : 14/04/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qui Nov 01, 2012 8:42 am


Klaus Mikaelson -

Original - Hybrid


A lobinha era jovem e estava sentada em uma das cadeiras da arquibancada, enquanto deliciava-se com um simples pirulito. Só o cheiro daquilo revirou meu estômago. 'Típico de lobos', pensei. Ao ouvir minha voz, ela levantou da cadeira e retirou o doce da boca. Parecia desconfiada, observando-me lá de cima até que resolveu descer um degrau, brincando com o dito pirulito na boca. - Impressão? - Eu disse arqueando as sobrancelhas, fingindo espanto. Sufoquei um riso em minha garganta, enquanto aproximava-me até a frente das arquibancadas. Eu queria ver a loirinha mais de perto. Sua voz era despreocupada e ela espiava-me pelo canto do olho, talvez tentando adivinhar quem ou o que eu era, já que estava mais do que nítido de que a loba não havia se dado conta. - Achei que lobos tivessem o olfato mais apurado, mas talvez você seja uma exceção. Ou talvez o cheiro do pirulito esteja afetando os seus sentidos, já que nem ao menos percebeu a minha presença. Não até que eu falasse com você. - Meu tom de voz era brincalhão, mas havia algo por detrás dele, ideias...

A oportunidade que eu estava esperando havia surgido como um presente, então era melhor aproveitar. Como se fosse uma garotinha de cinco anos, a lobinha continuava tirando e colocando aquele maldito doce na boca. Aquilo estava me deixando irritado. Parecia que eu estava falando com uma retardada, não que certos lobos estivessem muito longe disso. A voz dela chamou ainda mais a minha atenção, mas talvez fosse melhor se ela tivesse mantido a boca fechada. - Eu estava me sentindo sufocado lá dentro. A música está ruim, a bebida foi batizada com verbena e wolfsbane, então não recomendo. E quanto as garotas... Bem, digamos que a única que poderia me interessar, no momento já não me interessa mais. - Meu sorriso era charmoso e amigável, porém totalmente falso. Observei a loira descer para o próximo degrau, diminuindo ainda mais a distância que nos separava. Ela parecia à vontade comigo. E por que não estaria? Afinal, ela estava em ótima companhia e deveria se sentir privilegiada por isso.

Foi então que ouvi um estrondo, que mais parecia uma explosão. O barulho ensurdecedor vinha direto do estacionamento. Alguém parecia estar comemorando o Halloween em alto estilo. Olhei para a garota e ela estava parada entre os degraus. Parecia muito tensa, enquanto mantinha os punhos cerrados, xingando o nada em voz baixa. De repente, um segundo estrondo surgiu bem diante dos meus olhos, mas dessa vez ele não vinha do estacionamento. Em um acesso de fúria, a loirinha chutou uma das cadeiras para longe, fazendo com que fosse parar no meio do gramado, totalmente destruída. - Impressionante... - Murmurei com um largo sorriso. Ela não olhou para mim, nem mesmo disse algo. Simplesmente deu às costas, enquanto saía na direção oposta. Eu não podia perdê-la, afinal quem quer que fosse a lobinha, com certeza era um achado e tanto. Eu sabia que precisava ser rápido e aproveitar o momento, então deixei meu elmo cair no gramado e sem pensar duas vezes, avancei em direção à loba, agarrando-a por trás.

Minha intenção era quebrar o pescoço, mas para a minha surpresa, a loirinha conseguiu se soltar de minhas mãos antes mesmo que eu pudesse antecipar seu movimento. Ela era pequena e muito rápida, o que só me deixou ainda mais motivado. Gosto quando há resistência, isso torna a presa ainda mais valiosa. Com um salto perfeito, ela foi parar no gramado, caindo em pé, de frente para mim. Seus olhos haviam mudado, tornando-se amarelos, enquanto ela exibia uma expressão furiosa em seu rosto. Estava pronta para me atacar. - Pode vir, minha querida. Mostre-me o que consegue fazer. - E então ela veio. Disparou em minha direção, rosnando selvagemente, tentando me atingir com suas patinhas de filhote. Ela era forte, mas não para alguém como eu. Então, com um simples tapa, arremecei-a para o meio das fileiras da arquibancada. Seu corpo pequeno e frágil, chocou-se com violência contra a parte metálica entre as cadeiras, fazendo a loba soltar um gemido de dor. Ela tentou levantar rapidamente, mas perdeu o equilíbrio, porém não se deu por vencida e eu torcia para que ela não se rendesse com facilidade.

Havia um corte feio em sua testa, sua boca sangrava também, e o cheiro do sangue que corria me deixou animado. Em poucos segundos, a garota já estava de pé, avançando sobre mim novamente. Girei o corpo com destreza, enquanto agarrava seu braço esquerdo, torcendo-o para trás até ouvir um estalo de osso deslocado. A lobinha gritou, retorcendo-se em minhas mãos. Seu corpo se curvou por causa da dor, mas eu logo a coloquei de pé, jogando-a contra o gramado. - Vamos! Eu sei que pode fazer melhor. Não me faça matar você com tanta facilidade. - Eu disse ao me aproximar dela. Nesse momento, fui surpreendido por uma pequena quantidade de terra e grama que foi jogada contra os meus olhos. Rosnei, levando as mãos para o rosto, tentando limpar a sujeira que fazia meus olhos arderem. Foi quando senti um corpo chocando-se contra o meu, fazendo-me cair com força no chão. A menina tentava me morder e até conseguiu acertar um golpe no meu rosto, mas não foi o suficiente. Girei o corpo, mais vez e levantei, erguendo-a pela jaqueta de couro preta. Passei meus braços em volta dela, mas ela se debateu, tentando se soltar. Ignorou a dor que sentia no braço e tentou me acertar nas costelas, porém, dessa vez previ seu movimento e a ergui no ar, lançando-a com toda força para longe.

Minhas mãos desprenderam-se durante o arremeço, rasgando pedaços do vestido que ela usava. A garota voou para o outro lado da pista de corridas, batendo de encontro a um paredão de cimento até que seu corpo rolou pelo chão, ficando de bruços. Enquanto me aproximava, eu via a luta da loba para tentar se reerguer. Ela forçava o corpo para cima, gemendo de dor, mas logo voltava a cair. Quando parei perto dela, a garota tentou se afastar, arrastando-se com dificuldade pela pista poeirenta. - Acho que já chega, não é minha querida? - Inclinei meu corpo, ficando ao lado dela e puxei a manga de minha jaqueta, afundando os dentes em meu pulso. O filete vermelho escorreu pelo meu braço até pingar em pequenas gotas no chão. - Ok, meu amor... Sem desperdícios. - Puxei o cabelo da loba, forçando sua cabeça para trás, porém ela tentou resistir quando pressionei o pulso contra seus lábios, obrigando-a a beber o meu sangue.

- Shhhh... Não lute. Sabe que não vai adiantar. - Sussurrei em seu ouvido. Era tarde demais. Meu sangue já estava em seu sistema e a transição logo estaria completa, mas para isso acontecer, ainda faltavam duas coisas. Então, com um golpe rápido, quebrei o pescoço dela. Ajeitei o corpo da loba no chão e levantei, puxando o celular de um dos bolsos de minha calça. Apertei a tecla de rediscagem e logo ouvi a voz conhecida do outro lado da linha. - Michael, sou eu. Escute, não me interessa o que está fazendo, mas se estiver na festa de Halloween, quero que procure a bruxa que é amiga de Elena e quero que faça isso agora. Você sabe quem ela é. Preciso que distraia a Bonnie, enquanto eu tenho uma conversinha com a minha doppelganger. Ah! Mais uma coisa. Se Caroline estiver com elas, cuide dela também, mas nem pense em matá-la ou feri-la, entendeu? Agora seja rápido, estou voltando para a festa e encontro você lá. - Desliguei o telefone, sem esperar pela resposta. Michael sabia o que tinha que fazer. O resto seria por minha conta.






Tags: Halloween - Caroline, Elena, Bonnie, Alysha e Michael.


thanks : Lies Rizzon@ Mystical Falls
Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel Bale

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 24/09/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qui Nov 01, 2012 10:19 pm





LET YOURSELF GO!
SHUT YOUR MOUTH CAUSE YOU'RE TALKING TOO MUCH
AND I DON'T GIVE A FUCK ANYWAY
LET YOURSELF GO.



A loirinha era rápida e respondeu, segundos após a pergunta de Sam, de forma ríspida – Bom, eu não sou a maioria das pessoas que você conhece, senhor-sabe-tudo!E eu não tenho amigos! - Aquele tom irritadiço da garota fez com que, por um segundo, Sam se sentisse ofendido. Mas isso foi antes de se lembrar que a garota tinha todas as razões do mundo para estar com raiva dele, sua expressão delicada, agora era de tristeza. Principalmente ao dizer que não tinha amigos.

O garoto até mesmo cogitou um pedido de desculpas, mas antes que fosse capaz de faze-lo foi interrompido por Jazzie– Minha garganta está seca, se precisarem de mim estarei na mesa de bebidas - Foi se afastando, depois de dizer. Finalmente prestara mais atenção na garota, naquela proximidade de Jazzie, ele sentiu algo diferente nela, então percebendo que era uma loba.

A menina coelho estava com um olhar apreensivo enquanto via a loba se afastar, como se acompanhasse cada singular passo que esta dava para longe de sua vista. Outra vez, no silêncio, o bruxo tentou encontrar as palavras que faltavam, reivindicando a atenção de Cassie - Err... Me... Desculpe... Eu não...- Sam tentava falar, mas havia algo que parecia o impedir de reagir.

Ao ouvir a voz do bruxo,como se estivesse saindo de um transe, a loira voltou-se para o rosto mascarado de Sam. Quando os olhares se encontraram, ela tirou suas mãos dos ombros do garoto de forma súbita, corando as bochechas brancas em um segundo. Essa situação fez com que Sam desse um leve sorriso, agora escondido pela máscara. Ela não saberia, era seu segredo, mas parecia bonita daquela forma.

Esse sorriso durou pouco, pois logo ele voltou a se concentrar no olhar da bruxa, seguiu-se um momento silencioso, em que os dois apenas se olhavam. Ela parecia se sentir desconfortável com algo e seus olhos castanhos, que estavam bem focados nos de Sam, fixavam um olhar penetrante, como se de alguma forma ela estivesse tentando alcançar a alma do bruxo, que se sentia perdido naquela troca de olhares.

Aquela silenciosa eternidade de poucos segundos foi interrompida quando a garota lentamente aproximou suas mãos do rosto do bruxo e começou a retirar a máscara de seu rosto. Sam não se incomodava com aquilo, ela o olhou por um bom tempo, parecendo intrigada. Agora sem a másacara, tudo na festa parecia completamente diferente, inclusive o rosto da bruxa -Sou Cassie - ela disse, em um tom baixo.

Antes de acrescentar mais alguma coisa, Cassie olhou para a máscara em suas mãos - Tenho problemas com...– Ela não concluiu a frase,parecia estar nervosa com algo – Tenho um problema com máscaras, não sei... Trauma infantil, eu acho. - a garota tentou sorrir, mas não conseguia, estava de fato incomodada com a máscara.

“Diga alguma coisa seu idiota!”Pensou o bruxo "Se ficar em silêncio desse jeito,ela vai pensar que você é louco!” Sam se forçou a dizer algo,sem nenhum pensamento prévio- Me desculpe,se eu soubesse eu teria tirado essa máscara antes... - murmurou, sentindo-se aliviado por não ter gaguejado ou dito alguma besteira.
Ela voltou seu olhar para o garoto e lançou a máscara ao ar, subitamente transformando-a em uma bela rosa vermelha, pousando de volta em suas mãos. Os dois sorriram e a bruxa se aproximava novamente de Sam, posicionou a rosa na fantasia dele, que acabou criando uma estranha combinação com as facas que ele carregava.

De repente, o sorriso da garota se desfez, ela se desequilibrou e se apoiou em Sam para não cair - Cassie?Você está bem? - disse o bruxo, realmente preocupado, enquanto tentava ajudar a loira. Ela apertava suas mãos com força, como se tentasse dizer algo a ele através daquele toque.

Então um flash de imagens turbulentas vieram à mente dele. Fogo, sangue, um vampiro. Sam não estava entendendo o que estava vendo, apenas sabia que deveria ajudar Cassie - Quer alguma coisa? Um copo d'água talvez? - ele não sabia o que fazer, a garota parecia estar tendo dificuldades em se manter de pé.- Vamos lá pra fora tomar um ar puro ,vai te fazer bem sair deste espaço barulhento e abafado. - Sam levou a garota pelos corredores vazios do colégio,aquele lugar era um pouco tenebroso,havia sangue pelo chão, e este estava encharcado, como se algum cano estivesse vazando. Ignorou tudo aquilo e continuou seu caminho, levando Cassie apoiada em seu ombro direito, ela já parecia melhor, isso deixava Sam mais tranquilo.

Estavam se aproximando da porta que levava para o estacionamento da escola quando começaram a sentir cheiro de fumaça e borracha queimada. Sam e Cassie, que já conseguia andar sozinha, foram para fora da escola, o estacionamento estava pegando fogo, vários carros estavam em chamas e o ar estava cheio de fumaça. Tanta que era difícil manter os olhos abertos. Sam se surpreendeu com a cena, mas Cassie parecia já esperar por aquilo. Eles adentraram um pouco mais no estacionamento, para mais perto das chamas. O que mais intrigava o bruxo era a magia que podia sentir escapar de dentro das chamas."Será que um bruxo fez isso tudo?". Pensou ele. Cassie parecia melhor, mas toda aquela fumaça não a faria bem.

Ouviu-se um estalo forte, uma explosão repentina, então chamas se espalharam por todas as direções consumindo o que estivesse em seu caminho. As chamas vinham na direção dos dois bruxos, então Sam se jogou na frente de Cassie,abrindo seus braços -Tarian o wyntoedd! - Gritou o bruxo, fazendo uma poderosa corrente de vento passar por ele, dissipando parte das chamas. A explosão passou, agora, apenas restava o fogo no chão e em alguns carros, nada que seria complicado de resolver. Sam fechou os olhos e estendeu as mãos na direção das chamas, calmamente entoando as palavras -Gwyntoedd o'r dwyrain, yn rhoi i mi eich nerth.
Ei gwneud yn bwrw glaw ar gyfer y tân yn mynd allan
- Poucos segundos após dizer isso, a luz da lua desapareceu, nuvens cobriram o céu noturno, e uma leve chuva começou, espalhando-se rapidamente por toda a cidade. - Vamos voltar para dentro? - disse o bruxo, estendendo sua mão para Cassie - Tenho a impressão de que essa chuva vai engrossar logo... - Ate mesmo sorriu, após a piadinha. Então os dois voltaram para dentro da escola e se sentaram perto da porta, um pouco molhados, mas vivos. Podiam ouvir a leve garoa se transformar em uma forte chuva em pouco tempo. Ficaram em silêncio por algum tempo virados para uma parede, sem se olharem, até que Sam se lembrou de uma coisa, ele não havia se apresentado para a garota, afinal. - Eu acho que deveria ter feito isso antes...- disse de forma debochada, soltando um risinho, ainda sem olhar para Cassie - Meu nome é Samuel Bale.- então se virou para ela - Mas se quiser pode me chamar de Sam... - deu de ombros. - Meus amigos me chamam assim...




Tagged:Cassie Ainsworth e Jazzie M. Evans Post: 03 Notes: blablabla Wearing: link na ass Credits: Shinji @ Ops!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rae Cerwyn
Lobisomem
Lobisomem
avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/09/2012
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Sex Nov 02, 2012 5:14 pm

I Write Sins Not Tragedies
Encarei as luvas de Box por uma boa meia hora, antes de apanhar minhas velhas amigas e calça-las nas mãos. A sensação foi assim, de dar dó. As palmas das minhas mãos coçavam e os dedos formigavam, eu tinha sentido falta daquele abraço de pano ao redor dos punhos. Arrisquei alguns soquinhos no ar, deferindo jabes de direita em um inimigo invisível, com um sorriso torto nos lábios vermelhos. A fantasia não chegava aos pés da roupa que eu costumava usar quando ainda era Rhaella Cerwyn, a lutadora. Senti falta dos velhos tempos, estava ficando nauseada com toda aquela nostalgia. Até mesmo Mycella me fazia falta, naqueles dias de solidão. Nunca fui chegada em minha irmã, nunca fui chegada em muitas coisas, para ser sincera, mas isso não queria dizer que não pensava neles. Em meu pai e minha irmã, ou em como estariam agora, na velha Londres dos meus sonhos.

Pigarreei para disfarçar o choro, limpando aquelas quase lagrimas que se amotoavam no canto de meus olhos, dei uma ultima olhada no espelho, bagunçando ainda mais meus cabelos platinados uma ultima vez e saindo pela porta. Não valia a pena pensar na velha Rae, na lutadora prodígio de dezesseis anos que eu fui um dia, antes da loba me rasgar de dentro para fora e escapar, sanguinária pelas ruas de Londres. Era uma nova vida para mim e eu já estava nela há tempo demais para ficar choramingando o passado. A verdade, era que eu amava a loba, ao mesmo tempo que a odiava. Nem mesmo estar dentro do ringue se comparava com a liberdade que as transformações traziam. Mas o preço era caro, tão caro que me fazia tremer quando flashes de todas as mortes que eu causara vinham e sacudiam minha cabeça. Decidi ir a pé, dando dois tapinhas no banco de Ophelia, minha velha Ducatti, ao chegar na rua. – Hoje não, garota. – a noite de Halloween era estrelada e refrescante, encontrava fantasias divertidas pela rua e por alguns segundos até me esquecia de todo aquele sangue que secretamente pintava minha vida. Eu podia ser a loba e a lutadora por apenas uma noite quem sabe.

Na entrada da escola, encontrei um túnel do terror bem elaborado, repleto de gritinhos assustados e risadas, passei pelo túnel escuro sem derramar minha dignidade, nem ao menos me exaltara com os monstros escondidos la dentro. Nada não há o que temer, quando o verdadeiro monstro é você. A musica tocava animada, embora tivesse algo de estranho na forma como os pelos da minha nuca se eriçavam, atiçados por um presentimento ruim. Ignorei sem demora, não queria me preocupar com aqueles pensamentos mórbidos que tanto me perturbavam, só queria me divertir, assim, uma vez, em tanto tempo. Um enorme mão agarrou meus ombros, puxando-me na direção de um grandalhão com um hálito venenoso de Vodka. – Quer lutar, gatinha? – ele soltou, exalando aquele cheiro terrível bem na minha cara. Apanhei sua mão, que estava pousada em meu ombro, e torci o punho. Tinha um belo sorriso vermelho em meus lábios ao assistir os olhos do rapaz flutuando em lagrimas, enquanto ele se segurava para não gritar. – Acho que não. – respondi, brincalhona, apanhando a bebida de suas mãos. – Obrigada! – murmurei, virando-me de costas e bebericando da Vodka. Uma sensação estranha me queimou, descendo pela garganta e fritando meu interior. Wolfsbane, é claro, de algum forma, a versão liquida da erva conseguia ser pior do que os velhos cigarros de wolfsbane que eu costumava enrolar e fumar, mas não era o suficiente para me fazer dobrar de dor.

Larguei o copo em qualquer lugar, voltando para a pista de dança, remexendo o corpo animadamente quando acabei trombando em uma coelhinha vermelha, com cabelos loiros em catarata caídos nos ombros. – Largillière! – exclamei, surpresa por encontrá-la ali. A Loba tinha me dado um belo trabalho alguns bons dias atrás, no Grill, em uma briga feia. Tinha sido divertido aquele primeiro encontro e briga de bar, não costumava trombar em companhias que, assim como eu, não pertenciam a lugar nenhum. – Bela fantasia – comentei, apanhando outra bebida, checando se aquela não estava batizada, como a ultima e por fim bebericando, sentindo o gosto livre de qualquer erva toxica para mim.



• post: 001

• tagged: Cherie

• clothes: quando eu tiver tempo eu ponho o link

• notes: eu sei que a foto do template não é a P!nk, to sem tempo de editar, mas assim que der eu troco.

• credits: baby doll at oops!



Voltar ao Topo Ir em baixo
Cherie Largillière
Lobisomem
Lobisomem
avatar

Mensagens : 121
Data de inscrição : 22/09/2012
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: #8B7D6B   Sex Nov 02, 2012 6:13 pm



Trick or treat? The two together is so delicious!

Quatro doses de tequila. Três copos de whisky. Alguns goles de cerveja. Muita vodka. Não devia beber tanto Cherie, pode ser perigoso numa festa como essa!, o meu anjinho mental alertava-me, cutucando meu cérebro com sua harpa maldita. – Me deixa em paz! – Gargalhei, erguendo o corpo com vodka sobre minha cabeça, dançando entre os corpos fantasiados que me cercavam. Na verdade, eu nem sabia direito o que estava fazendo, meu olfato ainda era o mesmo, podia sentir o cheiro de wolfsbane em cada pessoa que bebera algo batizado, mas minha visão... Estava tudo meio turvo, como se meus olhos não conseguissem enxergar através de um espelho d’água que me barrava como uma maldita proteção. Ainda conseguia me equilibrar nos saltos, antes de tudo eu era uma dama, não era? Ou quase. – Eu sei que você me quer... – Sussurrei, fechando os olhos enquanto girava lentamente o corpo em torno de mim mesma, até que senti algo se espatifar em minha mão. Ardeu e imediatamente parei de me mexer como uma maluca, abaixando a mão para poder examinar melhor o que estava acontecendo. Não havia mais um copo e sim um monte de pedaços de vidro em minha mão e um enorme corte se estendia do pulso até a palma, o sangue carmim escorria por meus dedos, pingando no chão, entre os pés dos dançarinos. Fitei o ferimento por alguns segundos e acabei caindo na risada, realmente parecendo uma maluca. – Uhhh! – Rebolei fechando a mão cortada com força para estancar o sangue, mas rapidamente a dor pareceu desaparecer, dando espaço para um torpor delicioso que o álcool me trouxe.

Mordi o lábio, dando alguns gritinhos animados. – Tonight, give me everything tonight! – Repeti com a música, mexendo o quadril de forma descontraída. Enquanto me movia como uma cobra, senti algo trombar em mim. – Largillière! – A voz conhecida chamou-me fazendo virar o corpo para olhar. – Rae! – Exclamei surpresa, estreitando os olhos entre uma gargalhada e outra, aproximando-me da loba para vê-la melhor. Flashes da briga no Grill fizeram-me piscar várias vezes, era como se a realidade estivesse se misturando com minhas lembranças. – Obrigada! Você está linda... Você e sua irmã gêmea... Aliás, eu não sabia que você tinha uma irmã gêmea. – Eram duas Rae na minha frente, duas boxeadoras de sorriso malandro com um copo de bebida nas mãos. Fiz uma careta estranhamente engraçada, balançando o corpo como se fosse cair se não posicionasse bem os pés no chão. Olhei rapidamente para baixo, tentando caminhar sem engastalhar meus pés um no outro, mas parecia impossível. Dei outra risada, dessa vez mais baixa, apoiando a mão cortada no ombro de Rae para ganhar equilíbrio. O corte latejou e acabei afastando a mão, torcendo para que não tivesse sujado Rae com meu sangue. Mas, ao invés de reclamar da dor do ferimento, ri novamente, sentindo-me uma retardada com problemas de alcoolismo. – Colocaram alguma coisa na minha bebida – Minhas palavras saíram arrastadas, enroladas, e só então passou por minha cabeça que havia a possibilidade de realmente terem colocado alguma droga em minha bebida. Que merda!, xinguei em pensamento. Estendi a mão cortada diante dos olhos de Rae e vinquei as sobrancelhas, tentando parar de agir como uma doida. – Ta muito feio? – Perguntei, observando-a, tentando captar indícios de sua resposta por sua expressão. Besteira, eu mal conseguia falar direito, quanto mais captar expressões. Soltei outra risada, fechando a mão com força, erguendo-a para o ar enquanto dava um giro rápido sem perder o equilíbrio, para minha sorte.



details: Cherie está vestindo isso;

tagged: Rae

music: Give Me Everything (Tonight) - Pitbull ft. Neyo, Nayer & Afrojack


Voltar ao Topo Ir em baixo
Jane Leen Craigdalle

avatar

Mensagens : 89
Data de inscrição : 08/09/2012
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Sab Nov 03, 2012 7:23 pm

ENCERRADO PARA JANE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nina d'Alembert

avatar

Mensagens : 95
Data de inscrição : 22/08/2012
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Dom Nov 04, 2012 9:46 am

ENCERRADO PARA NINA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carrie Milian
Lobisomem
Lobisomem
avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 31/10/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Dom Nov 04, 2012 1:59 pm







TRICK OR TREAT? THE MORE HOT, AFTER ALL...




Carrie acabara de chegar a cidade, não sabia para onde ir ou o que fazer. Não conhecia ninguém em Mystic Falls, e desesperadamente precisava de amigos ou alguém para ajudá-la a descobrir mais sobre sua nova vida. E é claro, o assassinato de seus pais. Viu por ai anuncios de uma super festa de Halloween na escola de Mystic Falls, e pensou que seria um bom lugar para conhecer pessoas, mesmo odiando terror. Era medrosa demais e se assustava muito facilmente. Alugou um quarto apenas por uma noite, deixando suas malas e pertences lá, depois procuraria um lugar melhor para ficar. Saiu pelo centro da cidade a procura de fantasias mas como se encontrava atrasada as fantasias já tinham sido quase todas compradas. Procurou e só achou fantasias de terror ou muito sensuais. Então optou por o único meio termo ali, uma enfermeira sexy. Comprou e voltou para sua moradia. Se arrumou rapidamente, sem muita maquiagem ou teatrismo, e rapidamente saiu, vendo que já estava muito atrasada para a festa.



Entrou pela grande porta no ginásio e olhou a decoração assustadora, ja tremendo um pouco. Odiava terror e tudo que podia fazê-la ter um ataque do coração. Observou todos ali e por mais que algumas pessoas chamarem mais atenção, não distinguiu o porque. Os homens olhavam muito para ela, e ela caminhou se sentindo, apesar de estar bem assustada e solitária. Pegou uma bebida e andou pelo meio das pessoas, dançando um pouco e reparando na fantasia das pessoas. Porque tão assustadores? Fechou os olhos e então parou de pensar por um momento, e apenas dançou. Mexeu o corpo conforme a música que tocava e relaxou, sentindo seu corpo se mover sensualmente, esqueceu dos problemas, da dor, das mortes e apenas dançou. O copo em sua mão, foi levado até sua boca e ela que sorria de olhos fechados, assim que sentiu aquele liquido em sua garganta, começou a tossir compulsivamente. Parou de dançar e gemeu da dor, jogou o copo longe, com uma força raivosa e aos poucos viu a dor desaparecer. Que diabos havia acontecido? Definitivamente aquela bebida havia sido batizada, mas não via mais nenhuma pessoa sentindo dor ali, na verdade todos gostavam muito daquela bebida.


Saiu do meio das pessoas, que algumas a encaravam e se sentou longe do aglomerado de pessoas. Como ela podia sentir tanta dor e no minuto seguinte ela sumir? Não entendeu muito o porque. Queria tirar a prova, queria sim. Foi até o lugar onde havia pego a bebida e pegou outro copo dela. Respirou fundo e jogou um pouco na sua mão. O mesmo que havia sentido em sua garganta, mas agora na sua mão. Mordeu o lábio para a dor e olhou a inflamação, que sumiu rapidamente depois. Agora mesmo que não estava entendendo mais nada. Tinha como essa festa fica pior? Voltou a se sentar e observou as pessoas. Se alguém apenas pudesse lhe explicar o porque disso... Respirou fundo e mordeu seu lábio, vendo que aquela festa ia, com certeza, ser longa.







details: costume;

tagged: nova na cidade, turnem comigo;

notes: se alguém quiser conversar cmg, eu agradeceria;


Voltar ao Topo Ir em baixo
Cassie Ainsworth

avatar

Mensagens : 79
Data de inscrição : 10/10/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Dom Nov 04, 2012 2:10 pm


In search of my wonderland...

Go ask Alice when she's ten feet tall!

Place: Halloween Tagged: Samuel Music: The Fray - You Found Me WEARING: ta na ass

Espremeu os olhos, sentindo-se nauseada e tonta. Forçou os pés no chão, tentando manter o vasto equilíbrio que possuía, não queria desabar na frente do bruxo ou de qualquer outra pessoa por simplesmente ter tido uma visão estranha. – Quer alguma coisa? Um copo d'água talvez? – Cassie negou com a cabeça, respirando pela boca, já que mal conseguia respirar normalmente. Todo o barulho da festa parecia estar dentro de sua cabeça, o que fez a bruxa sentir-se ainda pior. Cada voz, cada batida da musica, ecoava em suas paredes mentais, deixando-a ainda mais tonta e sem saber o que fazer. – Vamos lá pra fora tomar um ar puro,v ai te fazer bem sair deste espaço barulhento e abafado. – Cassie então abriu os olhos e fitou o bruxo, agradecendo-o mentalmente por estar ajudando-a daquela maneira. Segurou a mão do rapaz com força, temendo se perder em meio a toda aquela gente estranha, enquanto ele a guiava para longe do barulho. Aos poucos toda a confusão da festa ia ficando para trás, os dois bruxos caminhavam pelos corredores vazios e escuros do colégio, ouvindo apenas o barulho de seus sapatos indo de encontro com o chão úmido. Cassie olhou para baixo, fitando as poças de água e sangue que estavam espalhadas por toda a extensão do corredor e aquilo fez seu estômago dar voltas, como uma roda-gigante. Quando aproximaram-se da porta dos fundos, o cheiro de queimado era intenso, praticamente impossível de ser ignorado, deixando Cassie ainda mais apavorada, suas previsões estavam certas quanto ao fogo, só torcia para estar errada em relação ao vampiro e a bruxa ruiva.

O casal de bruxos saiu do colégio e foram em direção ao cheiro da fumaça, que estava muito pior no estacionamento, o foco do fogo. Carros em chamas, pequenas explosões, uma cortina de fumaça que impossibilitava ter uma boa visão de tudo. Cassie não conseguia dizer com certeza se havia alguém ferido em meio a todo aquele fogo, seus olhos ardiam e uma crise de tosse a atacou. Uma explosão, bem mais alta que as outras fez a bruxa quase saltar de susto e então, as chamam se aproximaram numa rapidez tão surpreendente, que Cassie cogitou a possibilidade de morrer queimada. Fechou os olhos com força, encolhendo o corpo já esperando pela dor dilacerante do fogo, até que ouviu o rapaz gritar algo. Demorou um pouco a entender que era um feitiço, e quando abriu os olhos, viu o fogo afastar-se com a rajada de vento, mas aquilo não foi o suficiente para poupar seu punho. As chamas chegaram perto demais da mango do vestido de Cassie, fazendo o tecido grudar-se à sua pele com o calor do fogo, deixando-a tonta com a dor que sentiu. Sua cartola com orelhinhas de coelho caiu de sua cabeça quando outra corrente de vento os atingiu, mas dessa vez era vento de chuva. A bruxa ergueu os olhos para o céu, fitando as nuvens cobrirem a lua de forma rápida, tão rápida que logo em seguida vieram as gordas gotas de chuva. – Vamos voltar para dentro? Tenho a impressão de que essa chuva vai engrossar logo... – Cassie fitou a mão estendida do bruxo e não hesitou em aceitar o aperto, porém, o seu pulso esquerdo ainda ardia com a queimadura. Correram pela chuva, procurando um lugar para se esconder. A mente de Cassie estava tão bagunçada quanto o seu próprio quarto, não sabia como organizar os pensamentos, as ideias, como assimilar tudo o que estava acontecendo, tudo o que tinha visto. Quando finalmente encontraram um local onde a chuva não os atingia, a chuva transformou-se numa tempestade, espalhando-se por toda a cidade.

O silencio instalou-se entre os dois, deixando Cassie um tanto desconfortável, gostava de conversar, apesar do transtorno todo em que se encontrava. Ergueu a cabeça, fitando o bruxo por entre a cortina de cabelos molhados, podia sentir cada gota escorrer dos fios e pingar em seu vestido. – Eu acho que deveria ter feito isso antes... Meu nome é Samuel Bale. Mas se quiser pode me chamar de Sam... – Cassie deu um pequeno e rápido sorriso. Então era Samuel o nome do bruxo misterioso. – Meus amigos me chamam assim... – A garota ergueu as duas sobrancelhas ao ouvir as palavras do garoto, surpresa pelo o que ele tinha falado. Sam tinha amigos, aquilo era novidade. Um garoto com poderes ter amigos... Bem, aquilo era novidade. Pelo menos para Cassie era. – Você tem amigos. Isso é bom, eu acho. Quer dizer... Eu não sei ao certo. – Comprimiu os lábios, sentindo-se uma boba por insistir naquele assunto, até que seu pulso latejou. Cassie gemeu alto de dor, arrancando as luvas e rasgando a manga do vestido, arrancando um pedaço de sua própria carne junto com o tecido queimado. O sangue escorreu por seus dedos, fazendo lágrimas brotarem nos olhos cor de chocolate da bruxa. Imediatamente abaixou-se enterrando o braço até o cotovelo no canteiro de terra perto de onde estavam. – Ddaear... Ddaear, gwella fy salwch. – Fechou os olhos, tentando manter-se calma, não adiantaria nada se apavorar. Era como se a terra estivesse se unindo a sua pele delicada, sentia cada grão liberar magia, reconstruindo o tecido queimado, substituindo as células danificadas. Sorriu aliviada, retirando com cuidado o braço da terra, retirando o excesso que havia ficado em sua pele. Olhou para Sam, dando um sorriso meigo, desviando o olhar apenas para olhar para o local onde a instantes havia uma queimadura feia. Agora, não restava nada além de uma pequena cicatriz rosada. Abaixou o braço aproximou-se do bruxo, sentando-se ao seu lado novamente. – Obrigada. Por ter me feito companhia, por ter me tirado de dentro da festa, por ter me salvado do fogo e por ainda estar aqui comigo. Nunca fizeram isso por mim antes. – Seu olhar estava fixo em suas mãos esbranquiçadas, mas tomou coragem para olhar o bruxo. O agradecimento de Cassie era sincero, seria eternamente grata a Samuel Bale. Soltou um suspiro e encostou a cabeça no ombro do rapaz, fechando os olhos, feliz por estar experimentando pela primeira vez o que era ter um amigo.

Happy Halloween

t a n k s b e e c k y ♥ oops, and M i s s Jackie ♥ tvd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nick Scott

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 27
Localização : Mystic Falls, sempre na net

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 11:11 am


Halloween Party

Cheguei tarde naquela cidade então não havia quase nenhuma fantasia, então só consegui achar uma roupa de dracúla, era uma capa enorme e e eu só vesti uma roupa meio social por baixo. Cheguei na enorme festa e então eu olhei tudo ao meu redor procurando por alguém, era ridículo fazer isso; procurar por alguém nessa cidade que eu nunca visitei. Então não tive escolha alguma a não ser dar um oi ou um aceno de cabeça para quem me cumprimentava com um "Feliz Halloween". Me chamou a atenção uma garota vestida de emfermeira sexy que estava quase vomitando com a bebida.
"Está tão ruim assim ou está batizada demais?", pensei comigo mesmo e me aproximei o bastante para escuta-la quase vomitando quando experimentou um pouco da bebida em sua mão.
"Ela deve estar assim por que provavelmente está bêbada. Ou isso ou... Ela deve ser... E se essa bebida estiver com wolfsbane ou verbena?" pensei comigo e hesitei de chegar mais perto dela, então me sentei em uma mesa e fiquei lhe observando morder o lábio se perguntando.
- Então ela é novata? - falei bem baixinho me perguntando o que aconteceria naquela festa, eu nem sequer gostava muito de festas, mas Halloween era uma grande excessão á fazer. Não resisti e me sentei na mesma cadeira que ela.
- Olá? Feliz Halloween meu nome é Nick Scott. E você é daqui mesmo? - minha timidez habitual fugiu naquele momento de mim e até sorri sem falsidade nenhuma.


thanks Lari @ CG!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carrie Milian
Lobisomem
Lobisomem
avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 31/10/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 11:58 am







TRICK OR TREAT? THE MORE HOT, AFTER ALL...




A festa só ficava mais e mais animada. Carrie continuava sentada ali, não tinha ânimo para dançar ou tentar conhecer alguém. E beber... Bem, ela não podia. Observando todos ela pensava consigo mesma o porque daquilo ter acontecido. Podia ser que ela estava com alguma doença ou algo, mas como as dores e os machucados sumiam tão rápido? Talvez tivesse algo haver com sua primeira transformação, só que ela não sabia nada sobre. O diário que achou em casa antes da transformação apenas falava sobre como se preparar, mas ela não entendeu muito bem. Por isso acabou matando tanta gente. Estava com medo da próxima Lua Cheia, mas por enquanto tentava se manter calma e fria, até lá ela esperava ter descoberto algo que pudesse ajudá-la. Pensou em ir embora quando um homem se sentou ao seu lado e sorriu, começando a falar com ela. - Olá? Feliz Halloween meu nome é Nick Scott. E você é daqui mesmo? - e continuou a sorrir. Eu não era de falar com estranhos, mas se eu não falasse, eu nunca conheceria ninguém em Mystic Falls. Na verdade, eu conhecia todo mundo em Louisiana, e eu era bem simpática sempre que queria, então sorri de volta. - Hum, feliz Halloween! Meu nome é Carrie, e não, eu sou de Lousiana, mas você deve ter percebido pelo sotaque. E você, é daqui? Perguntou para ele, mas é claro que ele não era daqui. Ele tinha algo exótico, podia apostar que ele era de fora do país. Olhou para ele mordendo o lábio e teve uma idéia. - Você quer alguma bebida? Dizem que está bem batizada e gostosa! Deus, eu tenho que aprender a ser mais convincente! pensou Carrie. E levantou esperando uma resposta dele, quieta, apenas o observando. Se ele fosse um lobo ou algo parecido, ele poderia ter os mesmos sintomas que ela, e se não.. Bom, se não, ela não saberia o que fazer. Talvez se ele não fosse um ele soubesse de alguma coisa sobre os lobos. E pudesse ajudá-la! Mas isso só era uma preçe na cabeça de Carrie, obviamente ele não saberia se não fosse um. Isso era algo como um segredo bem guardado, pelo que soubera. Ainda não havia entendido porque alguém iria a querer como lobo. Ela não tinha habilidades ou como aprender nada, porque não conhecia nenhum. Talvez um deles tenha feito ela se transformar e matado seus pais, e devia estar aqui em Mystic Falls! Talvez ele até estivesse ali, naquela festa. Porém ela não sabia distinguir as pessoas normais para seres sobrenaturais, ela apenas sabia que Vampiros e Lobos existiam, realmente. E ouviu um boato sobre Bruxas, mas duvidava disso. Só que não se assustaria se elas realmente existissem e fizessem feitiços, e todas aquelas coisas. Era engraçado, ela perdeu a única familia que ela tinha, o resto de sua familia não queria saber dela e ela seguiu o que um bilhete anônimo lhe disse para fazer. Talvez Mystic Falls não fosse a resposta dos seus mistérios, mas ainda sim tentaria. Parou de pensar um pouco quando viu que tinha uma ruga de interrogação no meio dos olhos, e voltou a sorrir para Nick.








details: costume;

tagged: nick;

notes: -


Voltar ao Topo Ir em baixo
Nick Scott

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 27
Localização : Mystic Falls, sempre na net

MensagemAssunto: Re:Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 12:42 pm


Halloween Party

A festa estava tão boa e tão animada! A garota vestida de enfermeira sexy sorriu e disse:
- Hum, feliz Halloween! Meu nome é Carrie, e não, eu sou de Lousiana, mas você deve ter percebido pelo sotaque. E você, é daqui? - Ela sorriu gentilmente.
"É claro que ela não é daqui, por quê ela não se parece com as pessoas daqui", pensei comigo mesmo e então ela se levantou e foi em direção á mesa onde ela enjôou e quase vomitou.
- Você quer alguma bebida? Dizem que está bem batizada e gostosa! - Ela sorriu, era bastante interessante, pela aparência ela não era uma vampira, principalmente pelo seu jeito, deveria ser uma loba provavelmente.
Chegamos na mesa e olhei para a bebida e vi ela completamente normal, mas estava cheia de wolfsbane e verbena. Olhei para ela e decidi falar alguma coisa.
- Carrie, é... Você não sentiu algum gosto estranho nesta bebida? É que quando eu cheguei você estava sentindo dor e estava quase vomitando e... Quero saber se você estava bem tomando essa bebida! -Eu estava tendo o meu velho ataque de timidez, mas é claro, nunca vi um lobisomem pessoalmente, só sabia de sua existência através do livro de meu pai que estava junto de seu corpo quando o encontrei. Fiquei ali apenas observando-a, ela parecia meio assustada e bastante tensa pelo visto.

Tag: Carrie Millian.

thanks Lari @ CG!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carrie Milian
Lobisomem
Lobisomem
avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 31/10/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 1:32 pm







TRICK OR TREAT? THE MORE HOT, AFTER ALL...




E
le a obeservou quando ela o convidou para uma bebida e foram até a mesa de bebidaas. Como ela era um mistério para ele, ele também era para ela, não sabia nada sobre ele, mas sentia que ele sabia coisas e muito. Ele olhou para a bebida e logo depois olhou para Carrie e perguntou sobre seu ataque de tosses e dores. - Carrie, é... Você não sentiu algum gosto estranho nesta bebida? É que quando eu cheguei você estava sentindo dor e estava quase vomitando e... Quero saber se você estava bem tomando essa bebida!- Carrie respirou fundo com essa pergunta. Ele realmente poderia saber de alguma coisa! Ela não podia sair contado, obviamente. Então decidiu falar as coisas com calma, e se ele entendesse, poderia ajudá-la. - Eu senti uma dor muito forte, e ela sumiu rapidamente. Talvez eu esteja doente ou algo... - Ela olhou para ele sorrindo nervosa. O que mais poderia dizer para ele perceber que ela era um lobo? - Na minha mão também, aconteceu a mesma coisa... Houve um machucado e então ele sumiu. - Observou o que ele poderia dizer em seguida. Poderia chamá-la de louca e dizer que algo assim era impossivel, afinal todos ali bebiam aquela bebida e não via nenhuma delas tossindo ou com dor. Ou ele podia dizer que sabia o que acontecia com ela, que era um também e que ia ajudá-la. Carrie mordeu o lábio, sim, essa era sua mania pessoal, e olhou para ele desconfiada. E se tivesse diso ele, que havia feito acontecer sua transformação e matado seus pais. De repente, uma raiva tomou conta dela e ela piscou em ódio claro. Se fosse ele, ela o mataria e não teria nenhum problema com isso. Porém não podia tomar decisões precipitadas, respirou fundo e esperou para ver o que ele tinha a dizer. Ela esperava mesmo que ele não fosse a pessoa que tinha feito tudo isso, tinha gostado dele. Apesar do mistério, ele também tinha algo como uma timidez, algo que o segurava. Mas se ele tinha falado com ela, era porque algo ele tinha em mente! Ela olhou em volta enquanto esperava ele falar e logo voltou a olhos nos olhos dele, eu eram bem bonitos a propósito! O que eu sou, uma idiota? pensou consigo mesma Carrie. Não podia e não ia dar em cima desse cara, ele podia ser a solução dos seus problemas. Se lembrou do seu pai dizendo que lobos matavam vampiros, é o que eles mas caçam e então mordeu o lábio, de novo. E se ele fosse um vampiro? Ele não a ajudaria, poderia até matá-la porque ele não ia gostar de acabar sendo morto por ela. Ok, ela estava realmente nervosa! Procurou se acalmar. Se ele fosse um vampiro, ela se afastaria dele, sutilmente. Se fosse um lobo, ela pediria ajuda. E se ele fosse a pessoa que desgraçou sua vida, ela o mataria.








details: costume;

tagged: nick scott;

notes: -



Voltar ao Topo Ir em baixo
Nick Scott

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 27
Localização : Mystic Falls, sempre na net

MensagemAssunto: Re:Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 1:56 pm


HalloweenParty

Estavámos encostados á mesa.
- Eu senti uma dor muito forte, e ela sumiu rapidamente. Talvez eu esteja doente ou algo... - Ela falou, parecia que estava me dando uma dica, e pelo o que ela falou isso me dizia que ela era uma recém loba pelo visto.
- Na minha mão também, aconteceu a mesma coisa... Houve um machucado e então ele sumiu. -Ela parecia estar tensa, uma hora ela parecia que ia me matar e outra hora parecia que ia me beijar.
"Pelo menos arranjei um bipolar como eu não é mesmo?" pensei e dei um sorrisinho.
- Olha Carrie eu não lhe conheço mas me parece bastante confusa, nesta bebida têm uma planta chamada de wolfsbane e verbena. Segundo a lenda além de uma boa planta servente para calmante e relaxante essas plantas eram usadas para matar vampiros e lobos, se um lobo tomar wolfsbane pode morrer ou passar mal como você e a verbena pode até matar e imobilizar um vampiro. Isso é a lenda, e... Você é uma loba ou vampira? - Não me segurei e soltei tudo isso de uma só vez, nunca gostei de arrodeios.
Tag:Carrie Milian
Wearning:This


thanks Lari @ CG!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 25
Localização : Nos seus piores pesadelos

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 2:17 pm

OFF: usuários encerrem seus posts antes de irem para outros lugares.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.facebook.com/giancamposm
Bonnie Bennett

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 07/04/2012

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 9:28 pm






I wanna


Enquanto Elena nos guiava ate Caroline, uma bruxa vestida de Pocahontas apareceu e começou a dizer sobre perigos e sobre ter uma pessoa parecido com Elena do lado de fora. Sem dúvidas seria Katherine, a cada minuto que passava mais eu me arrependia de ter vindo. Olhei para Elena e para a bruxa. - Obrigado por avisar. - Eu não queria ser indelicada ou grossa com a menina, que parecia tão simpática, mas não tinha tempo para isso agora. - Mas já estamos de saída. - Digo enquanto puxo Elena mais para frente.

Quando chegamos ate Caroline, Klaus a deixa e logo em seguida há uma explosão. E uma chuva, logo pude perceber que a chuva era mágica. Olhei para as duas. - Temos que sair daqui o mais rápido possível. - A vontade que eu tinha era de sumir naquele momento.


be just normal again.



TAGS: Elena, Caroline, Jenna, Klaus Original e Elijah. | NOTAS: O POST TÁ UMA MERDA, MAS ISSO QUE DÁ ME FORÇAREM A POSTAR | Clothes: Halloween Costumes







template feito por nutz do AGLOMERADO







Voltar ao Topo Ir em baixo
Henri Driscott

avatar

Mensagens : 199
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Ter Nov 06, 2012 10:38 pm








Henri Driscott





"my soul to take"
- - -

Uma garotinha. Tinha cabelos louros tão claros, e um vestido branco... Se vampiros, como muitas outras criaturas existiam, o que não garantia a Henri que fantasmas também? Uma risada infantil. Ele olhara rapidamente para trás e ouvira passos frágeis de alguém se dissipando pelos corredores obscuros da escola. Ele respirara fundo. Devia ser uma brincadeira de mal gosto. Voltou-se para frente e tentou se concentrar no caminho para o ginásio. As luzes dos corredores estavam apagadas, apenas decorações em neon iluminavam minimamente os percursos entre os armários sujos de sangue falso e arranhas de plástico. Ele continuou caminhando, seguindo mais placas em neon que indicavam a onde estaria o ginásio. Passando por mais um cruzamento de corredores, vira um vulto a sua esquerda de uma menina de pouco menos de seis anos correndo. Vestido branco. Mesma risadinha medonha, junto com o barulho das sapatilhas contra o chão. Henri convenceu a si mesmo que devia fazer parte de toda a arrumação da festa, junto com "monstros" fantasiados para assustarem os convidados. Mesmo assim, seja quem fosse, provavelmente não devia saber que não era bom assustar um vampiro. Mas obvio que nem todo mundo sabia quem ele era de verdade, e de qualquer jeito, essa noite, não parecia vampiro algum. A lente de contato branca, junto com os velhos jeans extremamente maltratados e a camiseta rasgada, faziam Henri pelos menos, tentar parecer um zumbi. Sem esquecer, de toda a tinta vermelha caída por cima dele, também e da maquiagem escura por debaixo de seus olhos. Ele continuou andando mais um pouco. A certo ponto já conseguia ouvir a música alta vindo de algum lugar. Devia estar perto. Quando finalmente encontrara as grandes portas duplas que davam para a entrada do ginásio, as empurrara e caminhara entre a multidão, de cabeça baixa, e com a toca do moletom preto, ajudando a esconder seu rosto.

Post: One | Tagged: Nobody | Lyrics: The Smiths - How Soon Is Now
FALAS | PENSAMENTOS | HIPNOSE







Voltar ao Topo Ir em baixo
Frederik Slaint

avatar

Mensagens : 138
Data de inscrição : 14/09/2012

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qua Nov 07, 2012 1:07 pm



( HALLOWEEN )



The Crow Black




|- Eva ?
Frederik havia chamado a outra, foi então que tudo aconteceu, o híbrido caia ao chão sentindo fortes dores pelo corpo, o bruxo a sua frente fora atacado por ela também, o mesmo não teve chance nem de respirar. A bruxa se aproximou dele se jogando de forma que pudesse ficar de pé, o mesmo ajudou ela, o pedido para tira-la do local foi atendido, não sabia o que estava acontecendo, Jessica havia sumido com a tal vampira, a nova "conhecida" estava em seus braços pedindo ajuda de uma certa forma, ele precisava saber de tudo...
Desviava dos adolescentes bêbados tentando evitar ao máximo se atrasar para chegar ao salão, assim que deixou Eva sentada ficou olhando pra ela para esperar o momento certo de começar seu interrogatório só que novamente ouve outra interrupção, um garoto que nunca havia visto antes estava desesperado, queria que ele fosse ao lado de fora, estavam pedindo ajuda, lembrou de...
- Jessica ?!
Olhou para Eva.
- Já volto, me aguarde por aqui!
Saiu em disparada, esbarrou em quem tivesse a sua frente, chegando ao lado de fora não havia ninguém, apenas pessoas rindo e caminhando desorientadas, parou por um momento e lembrou da hipnose vampírica, voltou no mesmo momento e Eva não estava mais ali, a energia do híbrido estava presente ao local, sumia vagarosamente, ele havia passado por ali...

Frederik não estava mais sabendo o que fazer, se sentou no mesmo lugar em que Eva estava e pôs as mãos sobre a cabeça e pensou em querer ficar se lamentando, mas se lembrou do beijo que a ruiva havia dado nele, se levantou e sua feição mudou no mesmo momento, ele iria descobrir o que estava acontecendo, mas precisava de uma peça chave para saber da história. Passava novamente pelo meio do salão e ao passar pelo recém chegado fantasiado de zumbi sentiu algo, algo que ligava ele ao híbrido, parou no mesmo instante e se virou, tocou no ombro do vampiro o fazendo olhar para ele..
- Interpellatione a'ris
O feitiço fez o bruxo ter uma paralisação de ar fazendo o oxigênio não chegar ao outro, o corpo dele se amoleceu e então o bruxo o pegou, carregando ele pelos corredores chegaram a uma sala, tinha armários, uma foto e duas bandeiras penduradas em forma de xis, estavam na sala do treinador de futebol, o colocou na cadeira e o amarrou, pegou um ramo de verbena e amaçou ela esfregando-a em suas mãos, logo passou em seu pescoço e mastigou o resto, estava protegido de todas as formas, sem contar que também tinha seus truques, esperou o outro despertar enquanto isso ficou encarando o outro...|








Seven POST!

Michael // Eva // Henri Driscott // Jessica // Hanna TAGGED!

Fantasia SET!

Faint - Linkin Park LYRICS!

Vamos começar a caçada! NOTES!

GIULIA --- TERRA DE NINGUÉM && OPS! CREDITS!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Henri Driscott

avatar

Mensagens : 199
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : Mystic Falls

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qua Nov 07, 2012 5:35 pm








Henri Driscott





"my soul to take"
- - -

Para alguém que queria passar despercebido, Henri logo se metera em encrenca. Aquela noite simplesmente acordara de mau humor, então se evitasse olhar diretamente para as pessoas, tudo ficaria bem. No fim, só decidira ir a festa para encontrar Michael e onde estava ele agora? Uma mão tocara em seu ombro. Henri virara-se esperançoso para quem fosse encontrar, mas ao se voltar dera de cara com um homem vestido todo de preto, com o rosto maquiado. - Hmmm, posso ajudar? Acredite, você está assustador hoje - Falara desinteressado, fingindo "se assustar" sem animo algum com a presença do rapaz. O rosto do outro também não apresentara nenhuma expressão, tudo que Henri pudera ouvir fora algo estranho, que só conseguira entender por causa de sua língua original, o italiano, descender do latim. Mas antes mesmo de entender o contexto sentira seu corpo amolecer e tudo a sua voltar ficar escurecido. O vampiro sentia-se minimamente consciente. Incapacitado de fazer qualquer tipo de ação. Era como se estivesse tirando um leve cochilo. Sentia seu corpo sendo carregado e arrastado, mas não podia fazer nada sobre isso. Até mesmo formar algum pensamento não lhe era permitido. Era simplesmente um peso morto... Mas as coisas foram voltando ao normal, ele logo voltara a ganhar consciência e quando se dera conta, não estava mais no baile. Ainda parecia estar na escola, mas desta vez em uma sala pequena e escura. A segunda coisa que sentiu, e que não conseguia se levantar. Ele estava amarrado. De qualquer forma, isso não seria o suficiente para segurar ele. A sua frente o garoto do ginásio esfregava verbena em suas próprias mãos. - Muito bem, uma festinha particular... - Dissera com o sarcasmo evidente, sentindo sua garganta seca e sua voz meramente falha. O desconhecido fantasiado de Corvo não respondera, apenas continuara a espalhar a verbena por seu corpo, agora, no pescoço. - Sabe, existem outras veias a qual eu poderia preferir - e ao disser isso, o rapaz decidira que seria bom mastigar logo a verbena, batizando assim, todo o sangue de seu corpo. Henri inclinara a cabeça para trás e espirara fundo. Ele podia se livrar facilmente das cordas que o prendiam na cadeira, mas decidiu continuar parecendo indefeso e descobrir qual seriam as vontades do outro. Por fim, alongara um pouco seu pescoço, até que voltara a encarar serio o homem de pé, a sua frente. Mordera o interior de sua bochecha, o analisando. - Tudo bem, já estou amarrado. Não vou ganhar uma dancinha erótica? - Provocara, com seus olhares maliciosos de sempre.

Fantasia
Post: TWO | Tagged: Frederik | Lyrics: Sisters of Mercy - Temple of Love
FALAS | PENSAMENTOS | HIPNOSE







Voltar ao Topo Ir em baixo
Frederik Slaint

avatar

Mensagens : 138
Data de inscrição : 14/09/2012

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   Qua Nov 07, 2012 8:20 pm



( HALLOWEEN )



The Crow Black




|Frederik não temia ao outro, esperava ele acordar, não demorou muito e logo foi vendo alguns breves movimentos do vampiro, se pôs de forma mais ereta e cruzou os braços, havia percebido que ele seria um tanto enjoadinho para conversar, não ligaria, apenas queria respostas...
Após ele estar despertado totalmente logo começou jogando suas palavras que vinham em forma de deboche.
- Muito bem, uma festinha particular...
Descruzou os braços e pôs sua cadeira próxima a do vampiro, colocou o encosto dela para frente e se sentou apoiando os dois braços sobre o encosto e olhou para o tal.
- Na verdade...Não, está muito longe de uma festinha...
Ele retirou um dos braços e passou o dedo na face do outro fazendo uma marque de queimadura por causa da verbena que tinha em sua mão.
-Vou ser bem direto..
Se levantou e jogou a cadeira pro lado.
- Quero saber qual sua relação com esse tal híbrido, não me venha dizer que não sabe quem é, porque você cheira a um vampiro sínico...
Ao ficar de pé o vampiro voltou a debochar:
-Tudo bem, já estou amarrado. Não vou ganhar uma dancinha erótica?
Respirou fundo e voltou a olhar pra ele, estava querendo ser mais simpático possível, mas ele estava pedindo para morrer ali, queria saber quem era aquele híbrido, o que ele tinha haver com aquela história..
- Vou perguntar mais uma vez, quem era aquele híbrido e que ligação você tem com ele ?
Frederik fechou os olhos e pronunciou umas palavras bem baixo, as cordas do vampiro não o fazia ficar preso e sim a pressão que o ar fazia em seus pulsos, se fosse preciso estouraria suas mãos caso tentando ele se libertar.|








Eight POST!

Michael // Henri TAGGED!

Fantasia SET!

Helena - M.C.R LYRICS!

Interrogatório. NOTES!

GIULIA --- TERRA DE NINGUÉM && OPS! CREDITS!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Evento [Halloween]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Evento [Halloween]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
The Vampire Diaries Brasil RPG :: RPG The Vampire Diaries :: - :: Área externa escolar-
Ir para:  

A trama do fórum está disponível aqui(LINK).

O fórum está oficialmente aberto, e ele foi resetado ou seja: todos as vagas estão livre, os cannons e avatares foram deletados, assim como as fichas de personagens.

E agora nós criamos mais personagens que não fazem parte da série, e colocamos do jeito que nós queremos, vocês estão livres para pegarem os cannons que quiserem, contanto que falem com a Administração primeiro.