Site feito para fãs do seriado conversarem e jogarem RPG.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Hospital de Mystic Falls

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Caroline Forbes
Vampiro
Vampiro
avatar

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 22
Localização : De frente pro PC

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Hospital de Mystic Falls   Qua Nov 23, 2011 1:37 pm

Relembrando a primeira mensagem :




some kind of happiness
Vampira. Controladora. Preferencia para Híbridos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://thevampirediariesrpg.forumeiros.com

AutorMensagem
Prim Rinaldi

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Seg Abr 02, 2012 2:48 am




Prim Rinaldi


Abri os olhos e tudo estava tão tranquilo. No início não soube o que estava acontecendo, mas depois pequenos fragmentos foi encaixando-se. O baile, Mia radiante, papai e mamãe e Mia chorando e o pior de todos, o carro vindo em nossa direção em alta velocidade.
Pisquei os olhos, não conseguia me mover e nem falar, não queria. Apenas olhei o teto. Será que estava morta? Não, provavelmente em um hospital. Acidentes assim deixam a vítima em UTI, isso se não ocorrer pior. Pudia ouvir o barulho das máquinas de respiração e de checagem de batimentos cardíacos.
Estava perdida no tempo, talvez fosse efeito das drogas em meu sistema. Eu estava muito mal pelo visto, não conseguia nem reagir. Onde estaria Mia? Mia! Minha voz não saia, não podia ficar ali deita, tinha que ajudar Mia. Tentei me mover mas foi em vão, não consegui nem mexer-me um centímetro.

Apaguei novamente após alguém se aproximar de minha cama e me checar. Realmente estava tomando muito medicamentos fortes. Minha mente esqueceu de quem eu era e de Mia, apenas adormeci.

ENCERRADO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Henry Brandon

avatar

Mensagens : 208
Data de inscrição : 24/02/2012

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Seg Abr 02, 2012 11:42 pm

Depois de estar caído e despertar como se nada tivesse ocorrido. Izabella havia se livrado do corpo do velho, logo após nossa chegada a floresta, ela ainda estava por lá. Mas Henry tinha que saber o que havia acontecido a Mia e Prim. O vampiro correu de volta a cidade, já com roupas normais, entrou pela recepção e seguiu para a UTI, lá viu Prim, mas não havia sinal de Mia ou da outra garota, apenas uma enfermeira estava no pequeno quarto.

Ele entrou, ela começou a lhe dizer que ele não poderia ficar ali, que era área restrita. O vampiro olhou nos olhos na mulher. - Fique calada. – A mulher se calou, ele retirou o duto que levava sangue, da bolsa, para o corpo de Prim, e a colocou em outra agulha, a enfermeira queria chamar alguém, mas estava hipnotizada pelo vampiro. Henry enfiou a seringa em seu braço e lentamente seu sangue começou a correr para a veia de Prim.

O vampiro olhou para a menina, passou à mão eu sua cabeça, rezando para que a mesma não morresse, caso isso ocorresse ira se transformar. Pegou um pedaço de papel e escreveu uma mensagem para ela.
Citação :
Prim te dei um pouco do meu sangue, o suficiente para te fazer acordar, peço que não morra, você sabe o que isso pode causar.

Henry

Colocou o bilhete na mão de Prim quando ela acordasse, logo o leria. Voltou sua atenção para a enfermeira. - Esqueça o que viu, esqueça que veio a esse quarto essa noite. Vá para fora e depois volte como se fosse a primeira vez que entrasse no quarto hoje. – A mulher fez o que vampiro mandou e logo em seguida ele desapareceu, não deixado rastros de sua passada pelo hospital.

Encerrado

Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Abr 03, 2012 1:30 am




Prim Rinaldi


Lentamente abri meus olhos, senti algo em minha mão. Eu estava bem melhor, consegui ficar sentada na cama. Abri o papel e li, Henry me deu sangue. Era bom não morrer enquanto tivesse o sangue dele em meu sistema.
Olhei ao meu redor, o quarto era bem simples e não havia ninguém na cama ao lado. Mia!

Me levantei as presas e quase tropecei ao sair da cama. Saí do meu quarto e corri enquanto gritava por Mia. Nenhum sinal dela. Pude ver o pânico das pessoas ao me olhar, eu era louca. Fui até a recepção e perguntei se minha irmã estava bem, lágrimas caíam de meus olhos.
Senti as mãos das enfermeiras nos meus braços, uma de cada lado. Eu iria para um hospício. Ao contrário, elas passaram pelo meu quarto, me levando a um outra quarto, porém esta eu não podia entrar.
As enfermeiras me alertavam, dizendo que o local era onde as pessoas em coma ficavam e falavam que esses casos eram muito raro da paciente voltar a vida. Eu não entendia uma palavra do que elas estavam dizendo, me desliguei de tudo e de todos, só queria encontrar Mia. Aproximei-me do local.

A janela do quarto era grande e feita de vidro, lá haviam duas camas. A garota era mestiça e possuía os cabelos mais negros e lisos que já vira e a outra era minha irmã, Mia.
Caí ajoelhada no chão, cobrindo minha boca com a palma da mão. Não! Mia não podia estar assim.
Tudo ficou tão estranho, eu estava fora de mim, sentia mãos e pude ver a agulha penetrar em meu braço e em seguida um sono profundo me dominou.

Abri os olhos novamente e estava em um outro quarto, pude ver alguém sair do quarto, era Kristin, minha madrasta. Eu só queria dormir para sempre, talvez lá pudesse ficar com Mia.
Eu olhava para o teto, sem ter vontade de fazer nada. Apenas respirava e olhava para o nada. Eu estava praticamente morta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Abr 03, 2012 9:36 am

Ao longe um táxi se dirigia ate o hospital, Caleb queria saber quem era a garota que estava em coma. As noticias em cidades como Mistyc Fall e Crows Fall, se espalham muito rápido e cruzam as barreiras de uma cidade para outra. Oliver e Diana, pais adotivos de Caleb, haviam vindo alguns dias antes para poderem acertarem tudo: casa, escola, essas coisas.

O carrou parou na porta do hospital, Caleb pagou ao motorista e saiu do carro, com apenas sua mochila. Caminhou ate a recepção. - Com licença. - Disse, a recepcionista olhou para ele. - Eu gostaria de saber ser Mia Rinaldi está internada aqui? - Disse. A mulher digitou o nome no computador e olhou para ele, perguntando o que ele era dela. - Um velho amigo. - Ela se levantou, fazendo sinal para que a seguisse.

Caminharam por uns minutos, ate que entraram em uma sala, daquelas onde as pessoas ficam cheias de aparelhos, e que a parede tem vidros enormes. Em uma cama estava Mia e na outra uma garota morena. A enfermeira explicou a ele a situação, dizendo que nesses casos raramente as pessoas saiam do coma, e quando saiam era quase certo de ficarem com sequelas irreversíveis. Naquele momento, Caleb queria morrer, queria nunca ter vindo para Mistyc Fall, ver Mia naquele estado, sem poder fazer nada.

A enfermeira disse sobre a irmã dela estar acordada. - Prim, eu quero vê-la. Se possível. - Eles voltaram para o corredor, seguiram para um dos quartos, Prim ainda estava dormindo. A enfermeira disse que em poucos minutos ela iria acordar. Kristen, a madrasta das meninas entrou com o pai delas, o Sr. Rinaldi, fez que sim com a cabeça, simbolizando que Caleb podia continuar no quarto. Prim abriu os olhos. - Prim. - Foi apenas o que conseguiu dizer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Abr 03, 2012 5:15 pm




Prim Rinaldi


Abri meus olhos, não lembro de ter adormecido, mas não me importava. Nada me importava mais. Olhei para a voz que me chamou, era Caleb, ex-namorado de Mia. O que ele fazia aqui?
Me sentei na cama e olhei para os lados. Não era um pesadelo, Mia realmente estava em coma.
Olhei para o lado, olhando para Caleb.

- Caleb... - Foi a minha primeira fala desde o acidente. Ver Caleb me fazia lembrar de Mia, o quanto ela o amava e ele quebrou seu coração. O quanto ela tinha uma vida feliz.

Comecei a chorar desesperadamente, embora todos falassem que foi um acidente, eu não achava isso. Eu sabia que a culpa era somente minha. Eu causei a morte de Mia. Ela podia estar em coma, mas eu conhecia sobre a área. Não conseguia segurar as lágrimas, elas escorriam seguidos de soluços.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 25
Localização : Nos seus piores pesadelos

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Dom Abr 08, 2012 1:03 pm

TURNO ENCERRADO PARA TODOS!
Qualquer post em relação a esse dia, turno, será excluída, e o usuário advertido.

________________________________________________
Agora: 8 de ABril - 14 de Abril ~ Lua cheia
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Sab Abr 21, 2012 1:35 pm

O hospital havia tornado sua casa, passava mais tempo lá, do que em sua casa. Só saía do local para ir a escola. O estado de Mia, ainda era o mesmo. Coma profundo. Ele não sabia o que fazer. Um certo dia escutou o Sr. Rinaldi, pai de Mia dizendo que iria desligar os aparelhos, nesse momento seu coração parou, tiverem que o deixar em observação por alguns dias.

Ele estava lá desde que o dia havia começado, havia conseguido autorização para ficar ali o tempo todo. Olhava direto para o relógio, Prim estava atrasada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Seg Abr 23, 2012 5:18 pm

Enoque Kauffman
Na vida tudo é questão de escolhas.

O grupo havia caminhado em direção ao hospital. Caminharam durante alguns minutos, Prim apertava sua mão com uma certa força, fosse porque estava com medo, ou pelo fato de tivesse receio de que o jovem bruxo fugisse. Mas ele estava gostando, sentia algo por ela, era como se fossem amigos a muito tempo.

Klaus estava estranhamente calado. Não havia dito nada durante o caminho, coisa deixou Enoque em um certo modo de alerta, o irmão raramente era assim, e sempre que ficava desse jeito, era prenuncio de grandes catástrofes. Era como se Klaus pressentisse que algo ruim iria acontecer, e sempre aconteciam. Enoque começou a a achar que talvez fosse o fato de Mia, irmã de Prim não querer voltar para o mundo dos vivos. Mas logo varreu essa linha de pensamento, ela teria que voltar, ele iria fazer o melhor que podia. Por fim, quando percebeu já estavam na área do setor que Mia estava,a enfermeira havia dito que como já havia uma pessoa lá dentro uma teria que ficar do lado de fora. Enoque olhou para Prim. - Quem você quer que entre? - Perguntou.



Última edição por Enoque Kauffman em Ter Abr 24, 2012 1:01 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Seg Abr 23, 2012 11:36 pm


Prim Rinaldi






- - - - - - -- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


• 24/04/2012 • Noite • Hospital • Enoque, Klaus, Terry e Caleb •



Andamos todos em silêncio, também não queria puxar assunto. Klaus não era muito amigo de Terry, não sabia o motivo, afinal, Terry nos salvou.
Soltei minha mão de Enoque e olhei pra ele surpresa quando perguntou quem eu queria que entrasse. Caleb, ex-namorado de Mia, estava lá dentro e Terry, namorado atual (acho!), estava aqui.
Respirei fundo, isso seria um problema. Andei até perto de Terry e o olhei, ele teria que ser tranquilo, ele teria que entender.

- Caleb, ex-namorado de Mia, está lá dentro. Não é uma boa ele ver o que vai acontecer... É melhor ele ir para casa dele. - Falei enquanto olhava para Enoque, não me atrevi a olhar Terry, apenas segurei sua mão e sorri em minhas últimas palavras.

- Mia vai querer te ver quando acordar... - Apertei sua mão, confiante e depois a larguei, voltando para perto de Enoque.

- Bom, vamos? Quero todos juntos. Ninguém aqui vai ficar de fora. Mia precisa de todos presentes. - Dei um sorriso torto. Ela tem que ver que é amada e precisa voltar para nós.





•TAGGED:Caleb, Mia, Terry, Klaus, Enoque, Bruxo•Post:#59•MUSIC:---


Voltar ao Topo Ir em baixo
John Terry
Hibrido
Hibrido
avatar

Mensagens : 577
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Abr 24, 2012 9:04 am

Fighting in the Darkness
Life is eternal and the past is forsaken, I'm fighting the darkness...

Algum pouco tempo após a caminhada o grupo finalmente chegava no hospital. Durante o caminho todo ele manteve-se com uma expressão fechada, mas em determinado momento uma dor súbta invadiu sua mente, sem explicações ela veio e deixou sua marca. Como estava um pouco mais atrás que os outros, provavelmente não perceberiam que por alguns instantes ele parou de andar, apoiando uma das mãos na parede do hospital enquanto abaixava a cabeça e colocava a mão oposta na mesma. Não era como uma enxaqueca comum, era mais como se seus olhos queimassem por alguns segundos e ele recebesse uma pancada muito forte na parte traseira do crânio. Ao abrir os olhos eles brilhavam num tom mel e observou grama verde com algumas gotas no chão, o que diabos seria aquilo? Era sem dúvida uma ótima pergunta para a ocasião. Eventualmente ele recuperou-se, a dor foi apenas momentânea, bem como o efeito que ela causou no híbrido que procurava respostas. Respirou fundo e sacudiu a cabeça voltando a caminhar, mas a pergunta ainda pairava no ar: “O que diabos foi aquilo?”

Adaram por entre os corredores, e a cada passo ele sentia que se aproximava mais de Mia, como se pudesse ouvir seus batimentos cardíacos ou mesmo o som dos aparelhos a qual ela estaria conectada. A dúvida e o medo começaram a infectar sua mente, tá bem que ele perdeu muito do sujeito animado e alegre que era antes do baile, era como se ele tivesse nascido de uma semente quebrada e posteriormente tivesse se tornado uma erva desejada. Deixar seus sentimentos para trás, tornar-se uma casca vazia e supérfula, se alguém um dia o perguntasse por qual motivo ele fez aquilo, a resposta vinha de imediato: “Para lutar pelos que eu perdi, e por aqueles que eu não quero perder.”; o problema é que existia apenas uma fraqueza, havia uma única fraqueza e seu nome era Mia. Olhou pelo corredor que levaria a ala onde ela estaria, havia outra pessoa ali. E enquanto perdia-se em seus pensamentos Prim veio até ele, segurando sua mão e colocando um sorriso no rosto enquanto falava do tal rapaz corredor a dentro. John apenas concordou balançando a cabeça positivamente, não importava quem ou o que estava ali dentro, ele só foi lá por um motivo, nada mais. Acompanhou os demais e nada mais a acrescentar.

Humor Tenso; Vestindo: Bermuda - Camiseta - Tenis
SUPER NOTES FROM HELL HERE!
Template by thepiscina from TdN.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 25
Localização : Nos seus piores pesadelos

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Abr 24, 2012 10:43 am





Klaus Kauffman,The ilusionist,


A caminhada ate o hospital foi um pouco longa e silenciosa, olhava de Enoque para Prim, Terry estava em seu encalço. Sentia como se algo ruim estivesse para acontecer. Em determinado momento reparou que Terry havia dado uma parada. Pensou em perguntar o que havia acontecido, mas quando ia perguntar ele se recuperou e o alcançou.

Novamente ficou em silencio o que, nesse momento, era o melhor que podia fazer, sentiu uma vontade de beber. E Faria isso, assim que saísse daqui. Beberia para deixar tudo para trás. Não seria o mais correto, mas nem estava ligando para isso. Afinal de contas seus pais estavam na cidade e poderiam responder por qualquer coisa. Deu de ombros e entrou no hospital.

Caminhou pelos corredores, viu diversos leitos. No quarto em que se encontrava Mia, alguém teria de ficar de fora, pelo fato de alguém já estar lá dentro. Klaus escutou o que Prim disse a Terry. Entrou na sala e olhou para o rapaz. - Caleb certo? - Não esperou ele responder, sorriu e o fez ver seu pior pesadelo, com um grito o humano desmaiou. Voltou para o corredor, avisou a enfermeira que o rapaz havia desmaiado. Alguns enfermeiros o retiraram de lá e todos quatro entraram no quarto. Olhou para Enoque. - O que será necessário?- Perguntou.





Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Abr 24, 2012 12:33 pm


Caleb Rivers
Postagem #029.


Enquanto esperava Prim, um rapaz moreno de olhos azuis entrou no quarto, Caleb não sabia quem ele era, mas nesse momento isso não era importante. O rapaz o chamou e quando se virou para o outro aconteceu. Um constante "piii" começou a sair dos aparelhos ligados a Mia, o mostrador de freqüência cardíaca deixou de mostrar linha uniformes para dar lugar apenas um linha fina e continua, que indicava que ele estava morta. Mia está Morta. Não conseguiu contar o grito. - Nãããããõ! - Bateu no vidro diversas vezes. Por fim, sem nenhum motivo para viver, seus joelhos sederam e ele caiu, sentiu a escuridão tomando conta de seu corpo e desmaiou.

Ass: Caleb




~ Tags.:
~ Local que está.: Hospital
~ Acampanhando.: Prim, Enoque, Klaus, Terry e Mia
~ Humor.: Medo
~ Roupa.: ~
~ Música.: ~
~ Créditos .: ~ Nick Gremory S.Gates


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Qua Abr 25, 2012 10:43 am

Enoque Kauffman
Acordar os que que estão dormindo é o meu melhor.

Prim foi ate Terry, e lhe explica que era a pessoa que estava lá dentro. Um ex-namorado de sua irmão. Antes que qualquer um de nós pudesse impedir, Klaus entrou, e menos de um minuto ouviu-se um grito. Klaus saiu de lá e chamou uma enfermeira. Esperaram alguns momentos para a remoção do rapaz, que havia desmaiado.

Lá dentro Enoque olhou para os três, sabia o que tinha de fazer. Klaus trancou a porta. En olhou para Terry. - Enquanto eu estiver fazendo o feitiço, não posso ser interrompido. Peço que ajude a Klaus, caso alguém tente entrar. - Não esperou a resposta do lobo e abriu a porta foi para o lado da garota loira, altamente parecida com Mia e começou a dizer o feitiço de cura.

Canalizou toda sua energia e extraiu, também da terra, o organismo vivo mais poderoso. Sua mão encostada no peito de Mia, sem nenhuma intensão alem de sua cara. Fechou os olhos. Tudo estava escuro, Mia sentada em banco, ele caminhou ate ela. - Mia, certo. - Afrimou, olhou em seus olho. - Eu sou Enoque, irmão de Klaus. Sua irmã lhe espera. - Disse para.



[OFF - Enoque está no subconsciente de Mia]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 25
Localização : Nos seus piores pesadelos

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Qua Abr 25, 2012 12:39 pm





Klaus,The ilusionist


O bruxo se dirigiu para a porta e a trancou. Enoque pediu a Terry para que o ajudasse a manter a porta fechada, isso não seria necessário, ate porque ele poderia criar uma ilusão, mas sabia que o irmão queria o melhor para todos. Terry se colocou ao seu lado, com apenas um simples olhar, sabiam que, pelo menos nesse momento, seriam uma dupla. Sabiam que um poderia confiar no outro.

Enoque foi ate o leito de Mia, parou a mão na direção de seu coração e começou a dizer o feitiço, o corpo dos dois estremeceu. Klaus já havia visto o irmão fazer o mesmo em diversas ocasiões no Hospital em que seu pai trabalhava, mas nunca com alguém tão próximo a ele. Olhava fixamente para o vidro, sem saber pra onde haviam levado Emilly. Um vibrar em sua coxa lhe informava que seu celular recebera uma mensagem.

Citação :
Klaus, se não estiver fazendo nada e se puder, passa no Grill, tou aqui sem fazer nada. Zed.


Zed. Desde o dia do Baile não o vira mais, porem hoje a tarde, sentiu como se ele estivesse mais próximo. Teria que falar com ele mais cedo ou mais tarde, e decidiu que seria agora, iriam por tudo em pratos limpos. Chegou para perto Prim e lhe disse. - Aconteceu um imprevisto terei que ir, mas volto assim que puder. - Deu um beijo em sua testa e a abraçou. Passou por Terry. - Olhe-os por mim. - Enoque sabia se cuidar, e Terry salvou Prim dos lobos, então ambos estariam em boas mãos. Seguiu para o Mystic Grill.

ENCERRADO



Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.facebook.com/giancamposm
John Terry
Hibrido
Hibrido
avatar

Mensagens : 577
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Qua Abr 25, 2012 8:55 pm

Fighting in the Darkness
All that's left, is the poison in my veins. Deep inside, I'm going through change…

Ele não tinha muito a acrescentar, reservou-se ao silêncio quando entrou no leito em que Mia estava, e mesmo que a aparência o fizesse parecer bem mais frio que o comum por dentro seu olhar era de esperança, crendo que Mia voltaria ao plano dos vivos. Um dia lhe disseram que muitos faziam loucuras por amor, mas que poucos entendiam as verdadeiras loucuras que faziam, se ele pudesse fazer algo para ajudar, não importasse o mais louco que fosse, faria sem pestanejar só pelo motivo de, a mulher que se encontrava em sua frente, é a mulher que ele ama, mais que a própria vida. Ficou na porta ao lado de Klaus, enquanto alternava olhares para o corpo de Mia na cama para o chão, não era fácil encarar algo como aquele naquele momento, teria ele feito escolhas erradas, ou foi apenas uma vítima da teia de aranha que chamamos de destino?

Prestou certa atenção ao ritual e quase nem perceberia que Klaus iria embora, apenas prestou atenção quando o mesmo falou com ele, e cá entre nós, qualquer resposta era desnecessária. Tudo bem que ele estava meio inconstante, mas não deixaria que mal algum ocorresse com qualquer um ali presente. – Te devo uma... – murmurou para Klaus nos instantes em que o mesmo saía do quarto, foi ensinado a pagar gentileza com gentileza e violência com retaliação. Respirou fundo e tomou o controle de si mesmo mais uma vez

Humor Tenso; Vestindo: Bermuda - Camiseta - Tenis
SUPER NOTES FROM HELL HERE!
Template by thepiscina from TdN.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Qui Abr 26, 2012 2:14 am


Prim Rinaldi






- - - - - - -- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


• 26/04/2012 • Noite • Hospital • Enoque, Klaus, Terry e Caleb •



Klaus entrou no quarto e logo em seguida ouvi o grito de Caleb. Pensei em correr e ir ver o que estava acontecendo, mas depois percebi que era apenas um truque. As enfermeiras logo entraram e tiraram Caleb desmaiado de lá, entramos assim que tudo se acalmou.

Ver Mia naquele estado era algo sem palavras. Ela continuava do mesmo jeito, fui até ela e toquei em seus cabelos e sorri, aproximei meus lábios de seu ouvido.

- Volte pra gente Mia. John Terry está aqui te esperando. Eu estou... - Falei calmamente e me afastei, enxugando as lágrimas.

Deixei que Enoque fizesse o que fosse preciso. Não iria aguentar olhar caso algo desse errado. Virei meu rosto, olhando o chão e agarrei as mãos de Terry.
Em seguida Klaus teve que se retirar, fiquei um pouco abatida, mas estaria segura com Terry. Apertei mais forte suas mãos. Ele estava mudado, mas ele se importava. Ele ama Mia e isso bastava.

Pude notar a mão de Mia tremer, olhei para Terry perplexa. Será que ele tinha visto o mesmo que eu? Nada de Enoque e Mia falarem ou se mexerem, fiquei aguardando alguma mudança e implorando para Mia voltar.





•TAGGED:Caleb, Mia, Terry, Klaus, Enoque, Bruxo•Post:#66•MUSIC:---


Voltar ao Topo Ir em baixo
-----



Mensagens : 1294
Data de inscrição : 27/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Sex Abr 27, 2012 3:35 am

Mia Rinaldi


Não sabia o que estava acontecendo, só sei que parei pra sentar antes de tentar encontrar Prim novamente. Olhei para o lado e vi uma criança aparecer. Ele aproximava-se de mim, ele deveria ter a mesma idade que Prim. Prim, eu tinha que encontrá-la, onde ela estaria?
Fiquei espantada assim que ele falou meu nome, balancei a cabeça positivamente. Enoque, irmão de Klaus? Não, Klaus não tinha irmão, tinha?

- Prim... Você sabe onde ela está? Me leve até ela! - Falei de imediato.

- Espera! Você quer me levar, não é? Assim como os outros quiseram! Eu não vou! Tenho que encontrar Prim! - Falei, me levantando e afastando do garoto.

- Eles me falaram pra ir para outro lugar, um lugar onde eu poderia esperar Prim... - Senti as lágrimas caírem pela primeira vez desde que estou aqui. Não que eu não tivesse tentado, mas elas não saiam.

Do outro lado, estavam Prim e John. Mexi meus dedos por um tempo e depois nada mais aconteceu.
Demorou até que uma lágrima escorresse de meus olhos.



Data:
27/04/2012

Clima:
---


Humor:
Em Coma



Local:
Hospital
Presente do Klaus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Sex Abr 27, 2012 11:48 am

Enoque Kauffman
Me de a mão para fugirmos dessa terrível escuridão

Olhou nos olhos de Mia, estranhamente familiar. Já os tinha encardo antes, em Prim. Os olhos de Mia mostravam que ela era mais nova que Prim, enquanto o corpo ao contrario. Assim com ele e Klaus, em determinados os papeis se invertiam e ele acabava sendo o mais velho. - Prim está no hospital, junto com meu irmão e com Terry. E também a um tal de Caleb, só que ele desmaiou. - Diz com paciência.

A menina começa com uma crise de que ele a iria levar para longe de Prim. - Fique calma, se você quiser te levarei para sua irmã. - Ele podia fazer isso, iria depender somente dela - Ou se você decidir ir, e esperar ate que Prim morra para se encontrar com ela. - Explicou tudo a ela, dizendo que caso ela seguisse, seu corpo iria morrer e que nesse momento ele estava tentando lhe ajudar.

SoundTrack
Voltar ao Topo Ir em baixo
-----



Mensagens : 1294
Data de inscrição : 27/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Sab Abr 28, 2012 2:03 am

Mia Rinaldi


Caleb. O que ele fazia aqui? Enxuguei as lágrimas enquanto o pequeno me confortava.
Ele me lembrava Prim, sempre sendo a irmã mais velha. Esse era o motivo de lutar, eu tinha que voltar pra Prim. Ela precisava de mim, ou seria ao contrário? Eu preciso dela...

- Não, tenho que voltar por ela! Como iremos sair daqui? Você está morto? - Essa era a única explicação, já que nunca soube da existência do irmão de Klaus.

Me aproximei do garoto e sorri de canto. Olhei ao meu redor, procurando a mulher que sempre conversava comigo. Onde ela estaria? Ela poderia voltar também.

- Certo, vamos para casa! Prim nos espera. - Olhei novamente para Enoque. Esperava que a garota também fosse embora daqui.



Data:
28/04/2012

Clima:
---


Humor:
Em Coma



Local:
Hospital
Presente do Klaus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Sab Abr 28, 2012 12:02 pm

Enoque Kauffman
Diante de seus olhos o mundo acorda

Mia ainda parecia estar com dúvidas, como se duvidasse do que o bruxo havia dito para ela. Quando a decisão se tornou clara Enoque disse. - Sairemos pelo mesmo lugar em que eu vim. - Diz, ele mal termina a frase ela ela pergunta se ele tava morto. - Eu estou vivo. Assim como Klaus, sou bruxo. Só que meu poder é a cura. - Explica para ela. Ela chegou para mais perto dele e sorriu de canto. Ele retribuiu o sorriso e apegou em sua mão, e um portal de luz formou-se a sua frente, eles passaram pelo portal.

Enoque respirou fundo, abriu os olhos e olhou ao redor, Prim ao lado de Terry, mas nenhum sinal de Klaus, algo deveria ter acontecido para que ele sumisse assim. Podia ver a esperança nos olhos de Prim, e uma certa incredibilidade nos de Terry. Pouco se importava com isso, ele havia feito o que estava disposto a fazer. Mia estava viva. Lentamente os aparelhos ao redor dela, começaram a marcar o que seria o certo. Com um sorri estampado, Enoque a viu abrir os olhos.

SoundTrack
Voltar ao Topo Ir em baixo
-----



Mensagens : 1294
Data de inscrição : 27/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
Nivel: Médio

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Seg Abr 30, 2012 1:05 pm

Mia Rinaldi


Um portal materializou-se diante de nós, fiquei apenas observando. O garotinho segurou em minhas mãos e andamos em direção ao portal. No caminho olhei para trás, pensei que alguém estivesse nos observando.

O barulho do aparelho registrava que Mia estava bem. Ela lentamente abriu os olhos. Olhou ao redor e virou o rosto, afundando-se na cama.

- Onde estou? - Perguntou com uma voz rouca e em seguida senti minha garganta fechar-se. Era algo horrível.

- Estava pegando fogo... - Olhei em cada rosto e franzi o cenho.

- Quem são vocês? - Minha cabeça doía muito, senti enjoo. Me sentei colocando a cabeça entre as pernas, minha cabeça pesava muito. Gemi alto de dor.

OFF: Nada do que aconteceu foi culpa de Enoque.



Data:
30/04/2012

Clima:
---


Humor:
Em Coma



Local:
Hospital
Presente do Klaus
Voltar ao Topo Ir em baixo
John Terry
Hibrido
Hibrido
avatar

Mensagens : 577
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Seg Abr 30, 2012 8:57 pm

Fighting in the Darkness
But I am falling deeper. Help me please

O silêncio e a apreensão foi um dos meios que ele encontrou para tentar acalmar-se, mesmo que fosse praticamente uma missão impossível. Os olhos repousavam sobre o corpo de Mia deitado naquele leito, entre a vida e a morte, sem que ele pudesse fazer algo, todo o poder que tinha adquirido parecia inútil frente ao estado da mulher que amava, se ao menos pudesse fazer algo, se ao menos pudesse fazer algo mais do que olhar aquela cena triste a torcer por sua melhora. Terry estava meio perdido, sem Gaia, renegado por seu clã, sem o apoio de sua família, tudo o que lhe sobrou, fora os problemas, era Elka, a única aliada que precia se manter firme ao lado dele. Como queria que naqueles momentos sua relação com seu pai e irmão mais velho fossem menos fria, como queria que ao menos, sua mãe ainda estivesse viva. As coisas nunca foram fáceis para ele e, talvez, justamente por sempre remar contra a maré aquilo continuaria assim, até que seu corpo finalmente fosse entregue aos vermes.

Prim estava a seu lado e ele frente a porta, onde parecia montar guarda, mas quanto mais o tempo passava, mais ele se sentia impulsionado, como se quisesse ajoelhar-se e se debruçar na lateral da cama que Mia estava, rezando para todas as entidades que os humanos nomeavam como deuses, e prometendo tudo o que tinha para que ela voltasse ao plano dos vivos. Se necessário ele deria a própria vida, se necessário ele daria a própria alma, e talvez esse gesto de dar tudo de si para o bem estar dela o fez ficar mais distante de quem sempre esteve ao lado dele. Em toda a vida ele pôde ter feito escolhas certas e erradas, pode ter caído inúmeras vezes e se levantado em todas, mas naquele momento, o aperto em seu coração era maior do que ele poderia suportar. O sangue que pulsava em suas veias não aparentavam mais a pureza dos Loup Garous ou a nobreza dos Garras Vermelhas, sequer ele parecia o homem que um dia foi no passado e a culpa daquilo não era de mais ninguém se não dele mesmo. As palavras de seu irmão durante o telefonema ecoaram por alguns instantes em sua mente, não tinha fé no garoto bruxo, não tinha fé no deus que os homens veneravam e a fé que tinha em Gaia parecia sumir como a vida que um dia acaba dando lugar a um inevitável fazio sem fim dentro de seu peito.

- Vamos Mia... – murmurou forçando sua visão como se aquilo pudesse ajudar a trazê-la de volta.

Um lobo num estado deplorável, um desgarrado, alguém afundando na interminável escuridão. Naquele momento nada mais importava, se ela não estivesse a seu lado e então, suas preces pareciam terem sido ouvidas, Mia abriu os olhos e em meio a suas perguntas ele apenas ficou estático e imóvel sem ligar para mais nada ali. O som das máquinas que informavam sua volta aos vivos, e qualquer outra influência externa foi ignorada no exato instante em que viu o brilho dos olhos dela voltarem. Sua face foi tomada por uma expressão serena, enquanto seu corpo se acalmava mesmo que estivesse em êxtase interno. Mas não foi além, não sorriu ou mesmo aproximou-se, lembrou-se dos votos que fez em sua ância de poder e por mais sozinho que estivesse em sua empreitada ainda levava no peito o amor que sentia junto do orgulho de um dia no passado ter sido um Ahroun digno de alcansar o Crinos. John Terry já podia ir embora dali, já tinha certeza que sua amada estava bem e de volta, mas ao contrário disso ele permaneceu em conflito interno, sem ir e sem vir, apenas parado. Próximo dela, ele podia sentir que toda a sua inconscistência havia sumido, Mia era o seu elixigir para a calmaria em seu interior, era como que perto dela, não havia Crinos, não havia sangue híbrido, não havia nada se não um homem que amava demais uma mulher.

Humor Tenso; Vestindo: Bermuda - Camiseta - Tenis
SUPER NOTES FROM HELL HERE!
Template by thepiscina from TdN.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Maio 01, 2012 12:46 am


Prim Rinaldi






- - - - - - -- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


• 01/05/2012 • Noite • Hospital • Enoque, Mia, Terry •



Olhei para o chão, estava aflita. Lembrei dos médicos e da possibilidade de desligar as máquinas que alimentavam Mia, se dentro de três meses ela não acordasse... Essa seria a decisão. Eu não podia deixar Mia morrer.
Ouvi Terry murmurar e em seguida os aparelhos darem sinal de vida. Olhei para Mia e vi seus olhos abrirem, fiquei boquiaberta. Ela estava viva. Corri até sua cama com lágrimas nos olhos.

- Você está no hospital Mia, não se preocupe. - Ela parecia estar sofrendo.

- Sim... O carro pegou fogo, mas escapamos... - Era horrível lembrar do ocorrido. Ela parecia confusa.

- Vamos esquecer, certo? - Sorri e peguei sua mão. Ela estava gelada e logo em seguida perguntou quem éramos.

Olhei para Terry e Enoque, confusa. Dei um meio sorriso e voltei a olhar Mia. O que estava acontecendo?

- Você não sabe quem somos? Nem mesmo eu? - Falei preocupada. Em seguida ela soltou um gemido. Ela se contorcia de dor.

Sequelas. Ela estava tendo sequelas. Não podia acreditar que Mia não se lembrava de nada.
Meu instinto foi maior do que minha preocupação. Apaguei as luzes, a escuridão iria ajudá-la e a deixei sentada.

- Preciso de gelo e água. - O local estava fresco, então não precisaria arejar. Eu ainda não era médica, mas acho que isso era o básico para ajudá-la, claro que ela precisaria de medicamentos. Suspirei.





•TAGGED:Mia, Terry, Enoque•MUSIC:---


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Ter Maio 01, 2012 12:32 pm

Enoque Kauffman
Go to home

Mia havia acordado e ele estava sobrando no lugar. Não tinha nenhuma utilidade. Em breve ele voltaria para vê-la. Sorriu para Prim, e logo Mia pareceu ficar estranha, ele sabia que aquilo era estresse pós-traumático, mas Prim estava muito assustada. Ele olhou para ela e disse com calma. - Fique calma, eu me certifiquei de que ela não terá sequelas. O que ta acontecendo é apenas um estresse pós-trauma. - Explicou a ela. Ascendeu as luzes. Olhou para os dois. - Eu estou indo. Vou ver se Klaus está em casa, estou preocupado. - Foi ate Prim, deu-lhe um beijo na bochecha. Beijou a mão de Mia. Passou por Terry e balançou a cabeça. E saiu da sala. Andou o mais rápido que pode, nunca descobriu como segurou tanto tempo, ao chegar na entrada do hospital, um filete de sangue escorria de seu nariz. Havia usado muito poder para trazer Mia e mesmo assim não parecia ser ela. Havia um taxi na porta, entrou nela e disse o endereço da casa de Klaus. O carro seguiu para lá.

ENCERRADO
Voltar ao Topo Ir em baixo
John Terry
Hibrido
Hibrido
avatar

Mensagens : 577
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   Qua Maio 02, 2012 11:29 pm

Fighting in the Darkness
I'm fighting the darkness, within me, can you hear my call?

Engoliu a própria saliva enquanto os olhos do lobo tinha total foco em Mia, naquele momento não ouviu suas palavras, ou as de qualquer um dentro daquele hospital, o único som que ouvia era o pulsar do sangue e as batidas do coração, ele sentia seu corpo estremecer como se todos os átomos que o formam bambeassem constantemente deixando-lhe como alguém se forma, apenas quando o garotinho que acompanhara Klaus na caminhada bateu a porta que ele de fato voltou a si, como se tivesse sido enforcado. Engoliu a saliva uma segunda vez e enfim voltou a si por completo, os olhos ainda estavam vidrados, a mente lhe dizia para ir embora, o coração lhe mandava ficar o tempo que precisasse, um dilema que crescia em seu interior.

- Prim... - murmurou abaixando a cabeça e respirando fundo, o auto-controle estava pleno, não sentia a grandiosa fúria do Crinos dentro de si ou mesmo o sangue amaldiçoado que foi injetado em seu sistema sanguíneo contra sua própria vontade. - ...dê tempo para ele se recuperar. - dizia com um tom de voz vazio.

O celular vibrou em seu bolso e instintivamente ele pôs a mão por cima, e sacou o aparelho telefônico de dentro de um dos bolsos laterais de sua bermuda. Uma mwnsagem cujo enviante seria Zed, aquilo não parecia que era algo bom. Abriu a mensagem e leu para si mesmo ficando perplexo por certo tempo. A sentença não fazia sentido, como alguém de seu clã poderia ter ído até lá se seu irmão deixou claro que ele estava sozinho nessa empreitada, estaria seu antigo clã em uma disputa interna pela liderança, alguém se opunharia à seu irmão? Pensamentos jogados ao vento ele voltou a realidade daquele quarto de hospital, aproximou-se de Mia e Prim, segurando uma das mãos da primeira enquanto seus olhos se cruzavam, será que ela perceberia uma leve negritude tomando conta da parte branca de seus olhos?

- Eu vou voltar, enquanto isso recupere-se. - deu as costas e respitou fundo, colocou uma das mãos sob um dos ombros de Prim e com a caneta da ficha hospitalar de Mia anotou seu número na palma da mão da garota - Se precisar é só ligar, não importa o que estiver acontecendo, virei o mais rápido que puder. Você é uma boa irmã Prim, cuide para que isso não mude. - brandou enquanto saía pela porta apressadamente, já caminhava pelos corredores enquanto discava um número em seu celular. Antes que pudesse apertar o botão da chamada, sentiu uma leve dor de cabeça e por alguns instantes podia jurar que viu a imagem de Klaus Kauffman num estacionamento, nada fazia sentido, estaria ele ficando louco, ou aquele novo sangue iria lhe torturar. O telefone chamou e assim que atendera não poupou palavras. - Fala.


Humor Tenso; Vestindo: Bermuda - Camiseta - Tenis
END ~
Template by thepiscina from TdN.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hospital de Mystic Falls   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Hospital de Mystic Falls
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
The Vampire Diaries Brasil RPG :: RPG The Vampire Diaries :: --
Ir para:  

A trama do fórum está disponível aqui(LINK).

O fórum está oficialmente aberto, e ele foi resetado ou seja: todos as vagas estão livre, os cannons e avatares foram deletados, assim como as fichas de personagens.

E agora nós criamos mais personagens que não fazem parte da série, e colocamos do jeito que nós queremos, vocês estão livres para pegarem os cannons que quiserem, contanto que falem com a Administração primeiro.