Site feito para fãs do seriado conversarem e jogarem RPG.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 Praça da Cidade

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13 ... 15 ... 19  Seguinte
AutorMensagem
Caroline Forbes
Vampiro
Vampiro
Caroline Forbes

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 24
Localização : De frente pro PC

Ficha do personagem
Nivel: Médio

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyQui Abr 07, 2011 2:46 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Um lugar onde acontecem alguns dos festivais da cidade, podemos sempre encontrar com alguém conhecido, algumas lojas e um simples mercadinho onde todos compram as suas coisas de ultima hora, toda a cidade conhece o lugar.


Praça da Cidade - Página 12 Tumblr_mn168xq7PG1s7v08co2_500
some kind of happiness
Vampira. Controladora. Preferencia para Híbridos.


Última edição por Caroline Forbes em Qua Jun 29, 2011 1:51 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://thevampirediariesrpg.forumeiros.com

AutorMensagem
Gabrielly L. Hartzler

Gabrielly L. Hartzler

Mensagens : 694
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 24
Localização : Mystic Falls

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyQui Fev 02, 2012 8:15 pm







Depois da Festa



Depois daquela minha pergunta idiota é claro que ele riu. - Eu pensaria que você é uma pessoa inteligente, hoje em dia é difícil saber se as pessoas são normais ou não. - confesso que ri quando ouvi isso. - Não é inteligência, é precaução. - foi o que tive que responder. Mas na verdade eu não sabia o porque de ter soltado aquela pergunta. Será que depois daquela festa eu ia passar o resto da minha vida desconfiando de tudo?

Tentei ignorar meus pensamentos. - Bom, você pode simplesmente esquecer que te perguntei isso,
ok? - eu perguntei, demonstrando querer mudar de assunto. Afinal, eu tinha que ignorar aquilo, pois é claro que ainda haviam pessoas normais como eu no mundo.


Template by Gabi

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://uneventradefortherealworld.tumblr.com
Tate K. Langdon

Tate K. Langdon

Mensagens : 135
Data de inscrição : 01/02/2012

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 03, 2012 11:18 am

Voltando para a Cidade

Eu percebi que ela riu. Voltei para minha posição de frieza. Não gostava muito de demonstrar, sentimentos e expressões. Escutei quando ela disse. - Não é inteligência e sim precaução. – E antes que eu pudesse dizer algo ela continuou. - Bom, você pode simplesmente esquecer que te perguntei isso, ok? – Olhei para ela é pensei. Não, não posso. Mas eu não iria fazer. Permaneci olhando para frente e disse. - Ok, posso esquecer. – Me levantei, senti o vento novamente em meu rosto. - Agora tenho que ir, quem sabe não nos vemos por ai. – E caminhei em direção a área domicilia. Eu queria que amanhecesse logo, para eu poder pegar minha casa de volta.

Encerrado

Notes: -

Voltar ao Topo Ir em baixo
Gabrielly L. Hartzler

Gabrielly L. Hartzler

Mensagens : 694
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 24
Localização : Mystic Falls

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 03, 2012 4:28 pm







Depois da Festa



- Ok, posso esquecer. – me confortou ouvir isso dele, provavelmente qualquer outra pessoa ficaria me enchendo de perguntas depois disso, como sempre. - Agora tenho que ir, quem sabe não nos vemos por ai. - ele finalizou. Dessa vez eu estranhei, será que eu estava de alguma forma demonstrando não querer conversar? Talvez sim, mas talvez não tivesse nada haver. - Ok! Se for o caso, até lá.

Depois de observar o garoto partir me vi completamente sozinha ali. Não me importei, simplesmente voltei a me perder nas minhas lembranças. Eu me lembrava da minha avó mais que em qualquer outro momento e confesso que me sentia estranha por aquilo, não tinha o hábito de ficar pensando tanto nas pessoas. Tavez fosse só o resultado do que vi e passaria logo.

"Bom, parece que ainda não está na minha 'hora'!" pensei irônica como sempre e logo sorri para mim mesma. (?) Depois de alguns minutos resolvi calçar novamente meus sapatos e me levantei. Me sentia cansada mas não tinha porque ficar ali sem fazer nada, então segui para minha casa.


[Encerrado]


Template by Gabi



Última edição por Gabrielly L. Hartzler em Seg Fev 06, 2012 8:53 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://uneventradefortherealworld.tumblr.com
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 03, 2012 5:54 pm

Eu estava sem saber o que fazer, tinha matado um humano na frente de todo mundo, não sei o que deu em mim nem com os outros vampiros que estavam naquela festa, mas já como não tenho muitos amigos me privei de fofocas, e terei que descobrir sozinha o que realmente aconteceu lá, eu estava mais fora de controle que o normal, parecia que controlar meus instintos era uma tarefa impossível.

Decidi e pra praça da cidade pra espairecer um pouco, normalmente eu sempre me refugiava para o Grill, mas eu não estava me sentindo muito bem, acho que a bebida não faria efeito a essa altura, e eu não era do tipo de pessoa que achava que o álcool pudesse resolver todos problemas, pelo contrário, só serviam para aprofundá-los.

Sentei-me em algum dos bancos que estavam ali, a praça parecia um tanto vazia, até onde eu conseguia avistar não tinha ninguém por perto, estava frio, e meu vestido com alças tão finas que nem davam pra aparecer, não estava ajudando muito naquele clima, cruzei os braços para tentar me aquecer, mas de nada adiantava, minhas mãos continuavam gélidas como sempre.

Estava esperando que a coragem finalmente chegasse a mim, para que eu pudesse levantar e ir pra casa caminhando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 03, 2012 6:14 pm

Eu vinha correndo até a praça da cidade,eu pra ser sincero não tinha pra onde ir e a minha moto estava lá na praça,cheguei a praça,lá estava vazia,sombria e parecia sem vida como toda a Mystic falls parecia,também com vampiros(a),bruxos(a) e lobisomens(a) qual cidade não iria parecer sombria.

Entretanto quando eu chegava lá na praça eu via uma pessoa sentada em um banco,resolvi chegar perto da tal pessoa,parecia uma garota,mas aquele cheiro de vampiro a rodeava por toda a parte e eu ja não era bom em falar com garotas,apesar de ter boa aparência,e se ela fosse mesmo uma vampira eu acho que não gostaria de falar com ela,mas cheguei perto dela e tirei o minha blusa branca,pois adorava a cor branca,voltando ao assunto,tirei a blusa e me aproximei mais da tal garota que parecia estar com muito frio,então disse a ela,-Ei garota,você está com frio?,tome essa blusa deve esquentar um pouco-,olhei para ela com um olhar estonteante,e,por um segundo fiquei paralisado ao olhar a sua beleza que por sinal aquela garota era muito bonita,esperei ela aceitar a blusa.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 03, 2012 6:31 pm

Recém chegada a cidade decide dar uma volta , e foi o que fiz andei sem destino a cidade parecia vazia uma atmosfera tensa eu sentia que algumas coisa aqui era diferente, perdida em meus pensamentos ... caminhei até parar de frente a praça , reparei que la havia um casal , decide mim aproximar e chegando mais perto percebe que a mulher era estonteante e o homem era muito forte e bonito. Olhei para eles e decide me sentar a pouca distancia dos dois não sei se perceberam minha presença .

...

Estava frio a noite parecia sombria pensei como um casal escolheria esse cenário não me parecia nada romântico -rir comigo mesma- Não sei por que estava tão curiosa então decide me aproximar , a mulher me parecia que estava meio tonta eu vi o homem tentando ajuda-la, resolvi chegar mais perto e pergunta se eles estavam perdidos ou queriam ajudar , então disse meia sem jeito- Olá não sei se estou sendo paranoica mais parece que vocês precisam de ajuda, estou certa?
Voltar ao Topo Ir em baixo
John Terry
Hibrido
Hibrido
John Terry

Mensagens : 577
Data de inscrição : 24/01/2012
Idade : 26

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 03, 2012 10:07 pm

Literalmente ele estava endiabrado. Acabara de sobreviver à uma nada típica noite de Vampiros Adoidados numa festa, seria algo totalmente natural que estivesse meio, digamos, agitado, apesar de não ser para tanto. - (...)Rápido garçom me traga o seu melhor whisky, esse seu amigo aqui só tem mais meia hora. Antes que o diabo descubra que fugi, e venha me levar embora (...) - cantarolava enquanto deixava que os pés guiasse seu caminho enquanto era abençoado pela tímida luz da lua que muito pouco se fazia a vista com o tempo nublado, sem dúvida um pouco de Gin ou Vodka fariam bem naquela momento. Estava exaltado e ainda perguntando-se se havia feito as escolhas certas, não era somente sobre toda aquela tentativa heróica de ter ajudado alguns humanos, mas principalmente, por ter se metido em algo que digamos, seria bem complicado pular fora se necessário. Fosse o que fosse, não guardava um bom pressentimento, pior ainda foi depois das palavras que escutara de um suposto mago na sala de estar. Se sua intuição estivesse certa, aquela homem queria dizer que aquilo não aconteceu por acaso, e sim seria algo previsível, talvez tudo não fizesse parte de um evento maior feito por, talvez, um poderoso mago, ou um grupo de magos anarquistas. - Por Fenrir, pra que penso nessas coisas?! Isso não vai chegar à nada, é como um círculo vicioso com tanta falta de informação. - aparentemente aquilo o estava sugando mais e mais. Ficava refletido em sua face, que ele pensava em algo totalmente distante do universo que encontrava-se, era quase como refletir sobre uma conspiração, ou até fazer parte dela.

Guiado pela própria sorte deparou-se com uma praça. Um local calmo e saudável, poucas lojas, que à essa hora, estariam todas fechadas. Alguma vegetação rasteira muito bem cuidada pelo governo, bancos e toda aquela burocracia de áreas urbanas para lazer da população. Por incrível que pareça, aquilo não o preocupava, talvez poderia estar banhado de larva que continuaria preso em seu próprio inferno mental. Dúvidas e mais dúvidas recheadas de perguntas sem respostas, ele anceiava por explicações que talvez, nunca poderia ter. Era como correr atrás do homem mais rápido do mundo, você sabe que nunca poderá alcansá-lo, nem sequer ultrapassá-lo, mas para aqueles persistentes, ele continuaria até o corpo não responder dignamente e avisar estrondosamente que já era o fim do desafio. - Ah, seria tão mais fácil se eu não tivesse me envolvido com esse tipo de coisa. Mas cá entre nós, ultimamente minha sorte tem sido a mesma coisa que um marinheiro à deriva. - conversava consigo mesmo, poderia parecer algo estranho, louco, esquizofrenico, ou seja lá o que fosse, mas acreditem, conversar consigo mesmo às vezes faz um bem enorme.

Cruzou os braços e deu uma olhada em volta. Podia perceber pessoas, e mais alguma coisa, seu olfato nunca o enganara, e naquele momento ele talvez pudesse distinguir que nem todos ali fossem pessoas, qualquer comentário a mais tornar-se desnecessário. John olhou para a face de cada um ali, reconheceu pouco menos que meia-dúzia, mas deu de ombros, não era tão bom assim em socializar-se e o que ocorreu durante a festa que foi literalmente, uma festa de arromba, cruzou os braços e deu de ombros. Abaixando a cabeça. - Ahh, como eu preferia estar na Dinamarca. - comentava ficando estático por alguns segundos - Aquele maldito do Wolff, ele deve tá pensando que eu fiquei com medo depois daquele dia. Vai ver foi por isso que quis me exilar nessa cidade, mas que bastardo!! - brandava em fúria e exaltação deixando o punho fortemente cerrado um pouco abaixo do rosto enquanto em sua mente as imagens de seu irmão, pai e irmã durantes os eventos que marcaram sua vida, mais precisamente, o dia que foram supostamente caçados por um bando de vampiros que nunca tinha visto. Encarou a árvore atrás de si, e em seguida a grama abaixo de seus pés, parecia o cenário ideal para simplesmente sentar-se encostado no tronco da árvore e pensar na vida enquanto via as nuvens dançando pelo céu noturno, e curiosamente foi exatamente isso que fez. Sentou-se próximo à árvore, usando-a para escorar suas costas cansadas, os braços cruzados e as pernas esticadas de forma desleixada, ele tinha alguns arranhões e manchas roxas pelo corpo, mas aquilo não o preocupava. A lua era sua testemunha e a fria brisa daquela noite, era apenas mais reconfortante que outrora. - Se bem que, não seria uma má ideia ficar aqui por algum tempo. - dizia colocando as mãos na nuca de forma que os braços fizessem um 'V' na diagonal e os olhos se voltassem para o céu em trevas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySab Fev 04, 2012 6:53 am







I never claimed to be a saint...


My own was banished long ago, It took the death of hope to let you go







Eu estava sentada em um dos bancos daquela praça, tudo estava tão vazio, mas logo avisto um garoto pálido com cabelos negros vindo em minha direção, lancei um olhar confuso enquanto ele estava vindo ao meu encontro, eu nunca tinha o visto, talvez ele estivesse na festa da Caroline "mas quem não estava ?" Talvez ele tenha visto o que eu fiz, talvez ele queria tirar algum tipo de satisfações.

fui me afastando vagarosamente, enquanto ele vinha na mesma direção em que eu estava. - Ei garota, você está com frio?,tome essa blusa deve esquentar um pouco. - Suspirei na mesma hora em que percebi que ele não estava vindo trás de mim ou coisa do tipo, mas naquela cidade não podia se confiar em ninguém. - Não, eu estou bem, obrigado ! - Recusei o que ele havia me oferecido, apesar de realmente estar com muito frio.

ficamos nos olhando, sem reação alguma, sua mão ainda estava estendida coma blusa que ele havia me oferecido, como se não bastasse percebi que uma garota estava se aproximando de nós, então desviei o meu olhar do dele para ver quem era a garota. bem, eu também não a conhecia. - Olá ! Não sei se estou sendo paranoica mais parece que vocês precisam de ajuda, estou certa? - Disse a garota que ficou parada de frente para mim. Ajuda não era o que eu precisava agora, e já havia falhado na minha infeliz tarefa de ficar sozinha para refletir um pouco, eles não estavam colaborando muito, decidi ficar calada e esperar que ele respondesse o que ela havia perguntado.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyDom Fev 05, 2012 6:29 pm

After The Party


Realmente havia sido uma grande confusão na festa,
eu estava exausta, precisava de um lugar para ficar,
de prefêrencia um lugar calmo, em que pudesse ficar
a só com meus pensamentos. Minhas botas estavam
apertando meu pés, eu as retirei e coloquei ao lado do
banco, junto a minha bolsa. Algumas pessoas caminhavam
e converçavam.
a maioria pareciam ser garotos entre seus 18, 19 anos,
a mesma idade que eu tinha quando fui transformada
em vampira, eu ainda não havia percebido se isso
era um Privilégio, ou um Grande azar da minha vida.
A Blusa que usava estava cheia de manchas de
sangue, havia um pouco também em meus cabelos.
Um dos moços que andava parecia olhar para mim,
ele parecia estar com más intenções, então eu
peguei meus pertençes e fui andando, ele parecia
me seguir, eu não estava intimidada, logo depois
outros garotos juntaram e me seguiram, quando
me alcançaram um deles segurou meu braço, nesse
mesmo momento eu fiquei cega, segurei o braço do
menino e arranquei seu coração, o outro eu grudei
as presas em seu pescoço, drenei todo seu sangue
até sentir sua pulsação fraca. Depois que percebi
a besteira que havia feito, fiquei aliviada em saber
que ninguém havia visto, apenas
arratei o corpo dos dois até atrás de uma lixeira,
limpei minha boca que estava lambuzada de
sangue, e voltei a sentar no banco como se
nada tivesse acontecendo, eu era assim,
ninguém podia me mudar. fiquei ali me afundando
em meus pensamentos... Alguns minutos
depois saio dali.


Encerrado


Última edição por Anne D. Dragon em Seg Fev 06, 2012 8:09 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
Narrador
Narrador
Narrador

Mensagens : 138
Data de inscrição : 29/05/2011

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyDom Fev 05, 2012 7:15 pm

TURNO ENCERRADO PARA TODOS!
Qualquer post em relação a esse dia, turno, será excluída, e o usuário advertido.

________________________________________________
Agora: 24-30 de Janeiro - semana de lua-cheia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySeg Fev 06, 2012 9:11 pm

O dia raiava,enquanto estava eu na Praça da cidade em meio de um cóvil de coisas sobrenaturais,na praça estava eu a menina em que eu estava oferecendo a blusa e uma menina estranha chegava perto de nóis querendo perguntando se estavamos perdido,- Olá não sei se estou sendo paranoica mais parece que vocês precisam de ajuda, estou certa?,etão quando ela disse isso eu logo abaixei a mão olhei no fundo dos olhos da garota que eu havia oferecido a camisa,e,que supostamente era vampira,por isso fixei meus olhos nela seriamente depois olhei para a aoutra garota e disse,-Saco,mas que cidade louca e ainda tem esses humanos pra piorar-,sai em seguida na direção da moto que eu tinha,ja que era dia eu logo sentei na moto com aqueles pensamentos,os de sempre tipo como eu vim parar em uma cidade dessas,por que eu sou um lobisomem,esses pensamentos as vezes vinham a to para me atormetar,mas a vida não escolhe o destino e sim o destino escolhe a vida que teremos,mas em fim peguei a moto que era uma das lembranças do meu pai e resolvi me matricular no colégio,eu precisava estudar,pois ainda era jovem e meu pai sempre dizia que pra ser alguem na vida,precisa estudar ,então fui embora daquela praça esperando não encontrar com aquela vampira mais, eu não conseguia tira-la do pensamento,mas ela era uma deles e eu não podia perdoa-los(a)..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySeg Fev 06, 2012 11:09 pm

In Town Square

Amber já estava ajeitada na pacata cidade, já havia se matriculado no colégio, seus pertençes já estavam em sua nova casa, sua tia havia pedido a ela para dar uma volta pela cidade, ela não achava uma boa ideia andar sozinha, ainda mais depois de pesquisar sobre essa cidade, mais ela a obrigou, não atoa, a garota sempre havia sido um tanto anti-social, de acordo com as outras pessoas, ela não entendia, a vida era tão complicada... Se eu como muito, sou gulosa, se eu como pouco sou preguiçosa, se eu tenho muitos amigos, sou falsa, se tenho poucos sou anti-social, se eu me arrumo muito, sou metida, se não me arrumo sou desleixada, não importa o tanto queremos agradar aos outros, sempre vai ter um ou outro para nos criticar, seria tão bom se não fosse assim, se agradaçemos a todos independente da nossa aparência, do nosso geito de se vestir e de agir, Amber sempre havia pensado assim, e continuaria pensando.

Ficou um tanto animada pois era seu primeiro dia na cidadezinha, a unica coisa ruim era que não conhecia ninguém, não sabia de nada, não estava por dentro de nada, tudo renovado, seu modo de vida irá mudar bastante nesses meses, disto não há duvidas. Ela achou melhor não ir a um lugar muito movimentado nem muito seco, obviamente ela não iria a nenhuma boate nem a nenhum beco escuro. Ah, o doce as do vento batendo nas folhas das árvores, causava uma sensação de pureza, a praça da cidade era linda, no centro havia uma pequena fonte com peixes de várias especies, isso encantou os olhos da moça. Onde ela morará antes não havia nada assim, até porque a água das fontes eram sujas e nenhum peixe sobreviveria, as pessoas de lá não tinham respeito, nem mesmo a si próprias. Depois de se deslumbrar com a água cristalina, ela resolveu relaxar um pouco, sentou em um banco em baixo de uma bela árvore muito bem cuidada, o banco estava velho e um pouco bambo, Amber tirou de seu bolso um pequeno livro, ela estava por lá da página 100, um livro muito bom de acordo com ela, na sua capa estava escrito bem grande seu titulo, da cor vermelha com detalhes de como se estivesse escorrendo, seu titulo era "Escrito em Sangue", Ela achou que se encaixaria bem com as lendas da cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySeg Fev 06, 2012 11:26 pm

Eu voltava para a praça da cidade,havia leves brisas e um ar mais calmo do que o comum,a cidade não parecia a mesma de ontem,parecia que tinham apagado a mente de todo mundo,e o melhor era que eu não sentia cheiro de vampiros em lugar nenhum,tudo parecia singelo e como eu estava em minha moto,eu era um rebelde(adolescente) e como um jovem eu gostava de grandes aventura.
Então
acelerei a moto e ja estava muito rápido,logo eu perdi o controle da moto,e estava eu na praça da cidade,uma aréa muito movimentada e eu tentei deslizar a moto para que nimguem se machucasse,derrapei eu com a moto,mas a moto não parava de deslizar, havia uma garota sentada em um banco,lendo alguma coisa,eu acho,eu gritei ao perceber que a moto iria em direção dela ,-Ei garota cuidado -,eu estava com medo de acertar aquela jovem garota, e,estava desesperado não queria machucar nenhuma pessoa ,ja que eu machucava,não nmachucava mais sim matava várias durante o périodo "lua-cheia".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySeg Fev 06, 2012 11:40 pm

This is Blood?
Amber estava muito entretida com o livro, como alguém pensou nisso? Escrever várias palavras em um pedaço de papel e criar um mundo novo, cada vez uma história nova, isso era incrivel, principalmente quando o livro tinha algo a ver com vampiros, como ela adorava esses seres noturnos, claro, era algo a mais que brilhar no sol, isso foi apenas uma invenção de moda da Autora de "Twilight",

se lembrou por alguns instantes quando assistiu o filme pela primeira vez, ela ficou encantada, hoje ele já não lhe chama muita atenção, bem, parece que mudamos de gostos com o decorrer de nossas vidas, eu estava em um grande devaneio, quando ouço uma voz de longe. - Ei garota! Cuidado. - Gritava em desespero, seria para mim? Foi quando virei a cabeça para o lado que vinha o som e vi uma moto vindo em alta velocidade na minha direção, eu fiquei em pânico isso me impediu de me mecher, como um tipo de choque, a unica coisa que pensei foi em jogar o livro para o lado e pular para frente, mais mesmo assim a moto acertou em cheio um de meus pés causando uma torção um tanto, eu não conseguia fazer muito esforço com as pernas e não podia me levantar, a dor era muita, eu não conseguia suportar. Um garoto que passava, provavelmente o dono da motocicleta veio me socorrer, quando levantei a calça jeans que eu estava usando eu vi sangue, ele escorria por todo meu tornozelo, as pontadas paravam e voltavam, neste mesmo momento eu me senti tonta, meus olhos pesavam, tudo girava e derrepende minha visão ficou preta. Eu sempre havia sido meio sensivel mais nada tão assim, talvez porque eu nunca havia sido atropelada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyTer Fev 07, 2012 12:04 am

A garota não se movia por mais que eu gritara,era inútil a garota estava imóvel,e a moto a acertou em cheio causando em si uma torção,não pude fazer nada a não ser socorrer a jovem garota que estava ali em choque,cheguei eu então perto da tal garota,esperando que não fosse nada de mais,quando me aroximei e vi o sangue,fiquei em choque e meu corpo paralisado,não sabia o que estava havendo,pois nunca havia eu ficado paralisado após ver sangue,mas eu mesmo em meio choque,peguei a tal garota pelos pés e mãos e a carreguei em busca do hosital,estava tentando reanima-la,ela estava com muito sangue e eu estava com medo,pois a jovem era humana não era algo sobrenatural,esperava que ela não fosse me matar depois de acorda.

A garota parecia não acordar, eu fui o mais rápido para o hospital,e eu nos meu pensamentos altos falei,-Ai o que que eu fiz,essa agora-,olhei diretamente para a garota e vi que ela era bonita e eu estava em maus lençois,eu não podia me envolver em um acidente,principalmente agora que estou em uma cidade nova,coitada da jovem estava no lugar errado e na hora errada ,ai que droga ainda tentando fazer piada com a situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyTer Fev 07, 2012 12:22 am

Strange Behaviour


Amber havia sido atingida por uma motocicleta em alta velocidade, isso não é coisa de se acontecer todo dia, sua calça estava manchada de sangue, acordou sentindo alguém me segurar, abriu calmamente os olhos, ele estava em desespero, como se não soubesse para onde ir, provavelmente ele era o dono da moto, ela ainda não estava conseguindo mecher a perna, ela murmurou para dar sinal que estava consciente, ele me olhou. - Pode me por em um banco? - Exclamou com a voz meio fraca, ainda estava meio zonza, ele a colocou sentada em um dos bancos da praça, a dor já não estava tão forte mais não conseguia andar, ele tentou a ajudar a qualquer custo. - Não se preocupe, foi apenas uma torção, nada grave eu espero. - disse rasgando um pedaço de seu casaco(com muito esforço) e enrrolando-o em minha sua para comprimir o sangramento, depois de alguns minutos ela já se sentia melhor, o machucado havia parado de sangrar e seu desespero assim como o do garoto havia diminuido, ela olhou para ele que havia a ajudado com um pequeno sorriso no rosto. - Obrigado pelo machucado. - murmurou ironicamente. - Foi um acidente não é? - Disse ela olhando para o machucado em sua perna, quem diria que no primeiro dia na cidade ela já ia se machucar feio desse geito? a Sorte foi que não pegou com muita força, se não ela poderia ter que amputar a perna. - Sabe onde tem um hospital? - Ela perguntou, respirou fundo, seu livro estava no chão e ela esticou a mão para tentar pegá-lo mas não conseguiu, pois sentia pontadas muito fortes na perna quando fazia esforço. O garoto logo depois a levou ao hospital.
Turno Encerrado(Continua no hospital)


Última edição por Amber I. Raimann em Ter Fev 07, 2012 9:35 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyTer Fev 07, 2012 4:31 pm

- Pode me por em um banco? -,escutei a voz suave e baixa da jovem garota que estava ou deveria estar um pouco mais desesperada e tentando me matar,concerteza não é todo dia que acontece atropelamentos,mas em se tratar em Mystic falls tudo pode acontecer,bem após ouvir a bela voz meia estremecida e suave da garota,eu a botei sentada em um banco,a jovem estava zonza e meio fraca ,não conseguiria andar sem que alguem a ajudasse,e eu é claro,tinha que ajuda-la a todo custo,ja que eu causei o acidente nada melhor do que tentar ajudar a garota,- Não se preocupe, foi apenas uma torção, nada grave eu espero. -,ela falou ragando rasgando com muito esforço um pedaço do casaco que ela teve muito esforço pra rasgar e ela enrrolou o pedaço rasgado na sua perna para que parasse o sangramento,eu olhei a garota e vi que ela era muito valente e corajosa para ter que fazer isso.

Meu pensamento e meu estado físico ja havia diminuido,quando ouvi a gota dzer algo, - Obrigado pelo machucado. - ,aff ela ainda consegue ser engraçada após ser atropelada,mesmo assim eu ri suavemente, - Foi um acidente não é? -,droga eu tenho que falar que foi um acidente,mas será que foi mesmo um acidente?pensando agora eu sou um irresponsável,quer saber,-Claro que foi um acidente,oras-,disse eu com um tom meio desconfiado,ela me perguntou se tinha um hospital,e,logo em seguida eu disse a ela que tinha um aqui perto,eu então a peguei e a botei na moto que eu havia levantado um pouco depois do acidente e coloquei ela na garupa e a levei para o hospital.

*encerrado (indo para o hospital)*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyQui Fev 09, 2012 12:59 am

Chegava então o lobo ou o mais perto de ser o demônio de pelos tão escuros que acabava se misturando ao lado sombrio e tenebroso da noite com apenas a lua a ilumina-lo,a Praça estava não tão cheia mais para o lobo ja era o suficiente,pois estava sedento,por mais que o meu eu não quisesse o lado negro bestial queria e queria muito,aquela pressão da carne sendo mastigada ou apenas destroçada em seu dentes afiados e prontos para destruir o que tivesse em seu caminho,a primeira vítima estava sentada em um banco e não teve nem tempo pra respirar ,ja havia levado uma mordida em seu pescoço e claro ja estava morta,logo algumas pessoas haviam reparado na situação,uma cerca de 13 pessoas estavam por perto,mas só que o demônio sedento não ia parar até que o efeito não pasasse,mesmo que ele gostasse ,e ,não quisesse sair dali e so estaria afim de fazer aquilo se tornar um lugar com a cara de um açougue ,logo com sua super velocidade ele matou todas as 13 no local e isso sim estaria bem disposto ali na praça e seria impossivel não notar aqueles corpos ali,e o lobo havia sentido aquele cheiro insuportavel,de vampiro,uma garota,criança,adulto ou velho,podia ser qualquer pessoa e qualquer aparência,algo que ele ja havia notado e tinha uma pessoa mulher por sinal que estava perto de um bar e não seria uma vitória pro lado dos wolf se não tivesse vampiros(a) mesmo se fosse somente um,no caso uma ,ja era o suficiente,logo o lobo avançou sem deixar o vampiro se mexer e agarrou no braço da vampira a mordendo, e ela ja estava morta ,pois eu havia a mordido ,mas não era o suficiente ,a vampira caiu ao chão sangrando e chorando, ela concerteza deveria estar rezando pra não ser morta,mas o lobo que era eu, não estava em si e logo em seguida segurou com seus dentes afiados no braço ja ensanguentado e a tacou em um bar ,como lobo não saberia descrever o bar,parecia ser o tal do Grill,e acabou quebrando o vidro delá,logo o lobo saiu correndo em direção a outro lugar bem longe dali.
Spoiler:
 

*ENCERRADO O MASSACRE*
Voltar ao Topo Ir em baixo
-----



Mensagens : 1294
Data de inscrição : 27/01/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Nivel: Médio

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 10, 2012 12:32 am




The Beggining

Mia & Prim



I missed you so Prim!


O dia estava agradável, podia sentir o Sol me dando as vitaminas e energias suficientes para conseguir sobreviver ao dia, olhei para o lado e depois para o outro. Várias pessoas ao meu redor. Peguei meu celular e mandei uma mensagem à minha irmã que tanto amava e sentia falta, fazia alguns meses que não a via.
Meus pais eram separados e com o novo casamento de minha mãe, não podia permanecer em casa. Falei que iria morar com meu pai, ela discordou de início, mas garanti que era o que queria.
Porém a verdade é que eu não irei morar com ele. A única que sabia a verdade era Prim, minha irmã mais nova. Ela era linda e eu a amava tanto. Ela mora com o nosso pai, e a nova família rabugenta.
Meu pai se separou de minha mãe para viver com essa família, ele dizia amar a Kristin, a nova esposa dele. Prim muito apegada à ele decidiu ir junto e eu não podia abandonar, e nem queria, minha mãe. Eu sempre odiei meu pai, nunca o perdoaria.

Então aqui estava eu, morando "junto" dele. Minha mãe achava que eu estava morando com meu pai e meu pai achava que eu estava com minha mãe. Eles não se falavam, a única que poderia me dedar era Prim e ela jamais faria isso.

Me sentei no banco da praça e guardei o celular, Prim estava em uma lojinha comprando doces. Estava morrendo de saudades. Respirei fundo e fiquei a esperando.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

Prim Rinaldi

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 20

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 10, 2012 11:27 am






Praça da Cidade - Página 12 O2yfk8s92yp4rhuc360r

Prim Rinaldi


O encontro

Saindo da doceria, olhei para os dois lados antes de atravessar. Meu celular vibrou com uma nova mensagem. Peguei e li, não podia acreditar que ela já estaria aqui.
Meu rosto abriu um grande sorriso e corri em direção a praça, haviam várias pessoas ainda mais a essa hora. Algumas tomavam café do lado de fora dos restaurantes e outras apenas gostavam de passear pelo parque.

Corri até onde ela estaria, procurando-a. Minha irmã mais velha estava aqui. Lembro exatamente como se fosse ontem, ela me protegendo de todas as coisas ruins desde que eu era pequena.
Parei em sua frente e a abracei fortemente, ela levou um susto mas depois me reconheceu. Senti seus braços me apertarem, ela sentia minha falta, claro que sentia e eu também.

- Mia, você realmente veio! - Ela me largou e olhou com seus profundos olhos azuis e sorriu. É claro que ela viria, ela voltaria por mim.

- Sinto sua falta todo dia. Vai morar com a gente, não vai? - Esperasse que ela mudasse de ideia, mas conhecendo-a não iria. Eu era a única que poderia tentar isso ao menos.

- Me conte, como a mamãe está? Ela já se casou? Por que você não quer morar com a gente? Sabia que arrumei uma parte do meu quarto só para você? - Lancei todos os tipos de perguntas, ela me olhou espantada e depois balançou a cabeça e riu. Eu a abracei novamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
-----



Mensagens : 1294
Data de inscrição : 27/01/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Nivel: Médio

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptySex Fev 10, 2012 10:49 pm




The Sis!

Senti o forte abraço de Prim, sorri e a abracei mais forte ainda. Como senti falta dessa menina. Prim sempre foi a minha prioridade, e era meu dever protegê-la.

- Mia, você realmente veio! - Ela falou com um grande sorriso em sua face. Eu sempre voltaria por ela. Esperava juntar dinheiro o suficiente para sobrevivermos juntas.

- Sinto sua falta todo dia. Vai morar com a gente, não vai? - Ela me perguntou com um rosto tão inocente que quase disse que sim, mas não podia, aquelas pessoas moravam lá. Apenas balancei a cabeça negativamente, ela entenderia.

Passei minha mão em seus cabelos, eles estavam mais cumpridos do que o costume. Fiz duas tranças em seu cabelo que se entreligavam e formava uma cora em sua cabeça. Ela estava radiante. Ela era radiante!

- Me conte, como a mamãe está? Ela já se casou? Por que você não quer morar com a gente? Sabia que arrumei uma parte do meu quarto só para você? - Senti meu coração derreter e uma pontada em meu peito.

- Sinto muito Prim... Eu não posso. - Falei. Para mudar de assunto comecei a responder suas perguntas sobre a mamãe e sobre seu novo marido.

- Você terá que me prometer jurar segredo Prim, não posso fazer isso sozinha. - Ela entendia perfeitamente, Prim era esperta e uma ótima pessoa. Queria fugir dali com ela, para longe de todos.

Nos levantamos e caminhamos pelo parque, era horário de almoço e levei Prim para almoçar em um desses restaurantes e ficamos do lado de fora comendo e conversando, tínhamos muito o que falar. Principalmente Prim, ela contava de Kristin e do papai, e infelizmente, dos filhos deles. Parei de comer e paguei a conta.

- Vamos dar uma volta. Me leve ao seus lugares preferidos! - Segurei sua mão fortemente e caminhamos pela cidade. Estávamos nos divertindo muito e Prim insistiu para me levar ao seu lugar predileto, aceitei. Porém estava ficando tarde, logo teria que levá-la para casa e esse dia perfeito logo ficaria na memória.

Andamos até seu lugar favorito.

ENCERRADO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Prim Rinaldi

Prim Rinaldi

Mensagens : 85
Data de inscrição : 08/02/2012
Idade : 20

Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyDom Fev 12, 2012 8:16 pm




Prim Rinaldi


Almoçamos juntas, estava quase na hora de voltarmos para nossas casas, ambas separadas. Senti uma pontada de dor no peito. Não queria ir embora, não queria ficar longe de Mia.
Falei sobre Kristin e de como ela era boa, mesmo que minha irmã a detestasse. Afinal, eu não a culpo, papai enganou mamãe com Kristin por um bom tempo e depois a magoou com a separação. Também acho que mamãe sempre soube a verdade, ela só não admitia por nossa causa.
Mia não estava gostando da conversa e como já estava quase anoitecendo, ela pagou a conta e nos levantamos.

Andamos por um bom tempo quando ela pediu para mostrar a cidade, mostrei algumas partes ao redor e mostrei a minha doceria preferida, mesmo que houvesse só aquela, caminhamos em direção ao meu local preferido como Mia pediu. Andamos em direção à floresta!

ENCERRADO

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyQua Fev 15, 2012 10:23 am

A garota cujo o nome eu ainda não sabia me puxou para fora do Grill, não que ela fosse mais forte do que eu, e me levou até a praça.
_Se eu vou, vamos as duas_ Disse ela para mim antes de me puxar.
Ótimo! Algo me dizia que ela sabia demais, e isso não era nada bom, se ela sabe sobre lobisomens, também deve saber sobre bruxos, e o pior de tudo, sobre vampiros. Me acalmei, e tentei iniciar uma amizade para que pudesse descobrir o que ela sabia sobre a parte sobrenatural de Mystic Falls.
_Eu sou Katherine, Katherine Monteith_ Disse séria e um tanto desconfiada, mas ao mesmo tempo tentando ser simpática, o que não é muito típico de uma vampira solitária.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyQua Fev 15, 2012 11:06 am

Se ela queria mesmo que eu saísse do Grill, ela iria junto. A levo até a praça comigo. Parecia que ela também sabia que algumas coisas não eram normais nessa cidade. Mas mesmo parecendo saber de todos os perigos queria investigar. Eu realmente não entendo as pessoas dessa cidade. Parecem não ter senso algum de auto-preservação. E acho que a convivencia aqui esta me fazendo perder um pouco do meu. Balancei minha cabeça mandando esse pensamento pra bem longe. Se eu ia continuar nessa cidade, era melhor nem começar a pensar assim.
- Eu sou Katherine, Katherine Monteith - Ela se apresenta de modo sério, mas ao meu ver, tentando ser simpatica.
- Alice. Rebekah Alice. Prazer. - Digo em retorno tentando soar simpatica também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 EmptyQua Fev 15, 2012 10:08 pm

Andando pela praça da cidade tudo o que eu conseguia pensar era que eu queria encontrar com Zed de novo, pois ainda tínhamos que conversar. Eu queria saber o que ele quis dizer com "a gente vai se ver ainda, quando você menos esperar." quando estávamos no Grill na noite da véspera de natal. Eu não havia esquecido o que ele tinha dito e não tinha tido a oportunidade conversar com ele de novo, eu queria muito saber o por que dele ter tentado acabar com a festa de aniversario da tal Caroline, mas eu ainda ia encontra-lo qualquer dia desses, pois havia uma grande chance de estudarmos juntos, assim eu teria a oportunidade de conversar com ele.

Eu não estava prestando muita atenção nas coisas pois ainda estava muito curiosa para saber o que Zed tanto queria e acabei não percebendo que estava indo na direção do Grill ao invés de ir para casa.

As vezes eu só queria que meus pais estivessem vivos pois assim eles me ajudariam a lidar com toda essa situação e me dariam apoio para que eu pudesse fazer o que tinha de ser feito, mas eles jamais iriam voltar, porque alguém havia os matado, mas isso não mudava o fato de que eu queria que eles estivessem aqui. Eu queria vingança, eu queria ao menos saber quem os tinha matado, talvez eu conseguisse dormir melhor sabendo quem havia feito uma coisa horrível dessa com pessoas como meus pais.

Próximo post no Mystic Grill
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Praça da Cidade - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 12 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Praça da Cidade
Voltar ao Topo 
Página 12 de 19Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13 ... 15 ... 19  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
The Vampire Diaries Brasil RPG :: RPG The Vampire Diaries :: --
Ir para:  

A trama do fórum está disponível aqui(LINK).

O fórum está oficialmente aberto, e ele foi resetado ou seja: todos as vagas estão livre, os cannons e avatares foram deletados, assim como as fichas de personagens.

E agora nós criamos mais personagens que não fazem parte da série, e colocamos do jeito que nós queremos, vocês estão livres para pegarem os cannons que quiserem, contanto que falem com a Administração primeiro.