Site feito para fãs do seriado conversarem e jogarem RPG.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 Praça da Cidade

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 6 ... 9, 10, 11 ... 14 ... 19  Seguinte
AutorMensagem
Caroline Forbes
Vampiro
Vampiro
Caroline Forbes

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 24
Localização : De frente pro PC

Ficha do personagem
Nivel: Médio

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptyQui Abr 07, 2011 2:46 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Um lugar onde acontecem alguns dos festivais da cidade, podemos sempre encontrar com alguém conhecido, algumas lojas e um simples mercadinho onde todos compram as suas coisas de ultima hora, toda a cidade conhece o lugar.


Praça da Cidade - Página 10 Tumblr_mn168xq7PG1s7v08co2_500
some kind of happiness
Vampira. Controladora. Preferencia para Híbridos.


Última edição por Caroline Forbes em Qua Jun 29, 2011 1:51 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://thevampirediariesrpg.forumeiros.com

AutorMensagem
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Nov 21, 2011 8:43 pm

Desde que se mudaram para aquele buraco, Jolian passava mais tempo deitado do que em pé. Comia, fumava e bebia deitado. Conversava deitado. Céus, há quanto tempo não conversava cara a cara com Antoni por mais de 10 minutos? Na verdade, toda vez que o parceiro iniciava um dialogo, Jolian descansava a vista em algum lugar deitável, sendo que seus comentários eram apenas "Hm... É... Uhum...", isso quando não roncava e Antoni falava sozinho. O fato era que seu corpo começava a atrofiar, dando uma leve impressão de estar em óbito toda vez que deitava.

Viviam, literalmente, do ócio.

Os raios de sol infernais não incomodavam o rapaz que mantinha-se deitado em um dos bancos da praça. Minto, incomodavam, mas Jolian estava com preguiça de sair dali. Compensava esperar mais algumas horinhas até aquele sol desaparecer, do que se dar ao trabalho de levantar. No entanto, seu sossego não perdurou. Pôde sentir um dedo intrometido no meio da sua cara, mas não fez nada em relação. Esperava que, sinceramente, Antoni arranjasse algo para fazer e sumisse por, pelo menos, 34 horas. Yeah, havia chegado nesse ponto: mandar o amigo pro quinto dos infernos para poder dormir tranquilamente.

Mas era pedir demais.

Como se não bastasse ele enfiar aquele maldito dedo na sua maldita cara, ele lhe empurrara. Jolian deixou-se cair, até porque não teria tempo de evitar o chão. Com um suspiro pesado, enquanto levantava-se, lançou um olhar significantemente mortal para o rapaz. Não iria deixar barato, ah... Não iria. Mais tarde se vingaria. Seus reflexos ainda estavam afetados, devido a breve cochilada que havia tido no banco.

- Fuck, também estou com fome... - e estava mesmo. Há quanto tempo não digeria um alimento saudável? Tateou os próprios bolsos, caçando algo que não fosse cigarro, talvez alguma moeda... Mas nada. E, devolvendo o olhar de "É, nós tentamos do jeito humilde.", caminhou lado a lado, enquanto dobrava as mangas da camiseta. - Já sabe, né, bicha? Cerca de um lado que eu cerco do outro. - Postaram-se bruscamente, um de cada lado, do senhor que servia o mega hiper hot dog, e então Jolian deu uma forte batida com a palma da mão da lateral do carrinho - Anda, tio, prepara um lanche pra mim, AGORA, anda, anda, seu caquético. Faz essa merda direito. PORRA, NÃO DERRAMA NO CHÃO! - vociferava, apontando para os ingredientes que queria - Vai, vai. Não esquece do milho. PÕE BASTANTE MILHO. - pegou o vidro de katchup e enfiou dentro das vestes, juntamente com o de maionese - NÃO, NÃO, ERVILHA NÃO. ARGH, QUE MERDA, FAZ DE NOVO. - batia a mão freneticamente sobre o balcão, desesperando ainda mais o velho.

As pessoas que passavam por ali assistiam a cena perplexas, algumas até mudavam de calçada, ou fingiam ignorar, com medo de enfrentarem os dois maloqueiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptyTer Nov 22, 2011 10:46 am

06/09 (Terça-feira)
A praça da cidade encontra-se praticamente vazia. Com excessão de alguns casais e algumas garotas fazendo compras. Ando mais um pouco e vejo o Carrinho de Lanches do Tião. Nossa quanta fome. Mas a vontade logo passou, pois assim que chego mais perto vejo duas pessoas roubando o pobre homem em plena luz do dia. Meu Deus, em que cidade vim parar... Atravesso a rua e continuo andando.
Eu tinha acabado de chegar à cidade, e procurava por uma casa, ou ainda um quarto. Sendo barato, qualquer coisa me serviria. Vago andando pela cidade, olhando as belas mansões e atrativos da cidade.
Chego em uma pensão, com quartos para alugar com um preço razoavelmente bom. Bato na porta e espero. Nada. Bato de novo. Nada ainda. Talvez não tenha ninguém... penso sozinha. Viro as costas pronta para sair, quando ouço o rangido da porta.
- bom dia - cumprimenta a senhora. - precisa de algo? - ela tinha uma aparência peculiar. Você percebe que é idosa, mas ao mesmo tempo, que tem uma presença um tanto forte.
- Olá, é... eu sou nova na cidade e... - começo a me explicar, mas ela logo interrompe.
- Viu o anúncio na porta, se interessou e resolveu checar. - respondeu ela como se eu não fosse a primeira. E talvez realmente não fosse.
- Exatamente. Será que eu poderia ver algum quarto? - pergunto.
- Claro, venha por aqui. - ela, que até agora não tinha me chamado para entrar, abre a porta e me dá passagem. Entro em uma sala fria e escura, mobiliada de um jeito que a deixava com aparência antiga. Não é atoa que o aluguel esteja tão barato. Apesar de tudo, é bastante limpa. Subimos uma escadaria estreita, subimos um pouco mais. chegamos ao último andar e entramos na segunda porta a esquerda. Dou-me com um quarto razoavelmente grande, com somente uma cama, um guarda roupa e uma mesinha de cabeceira. A suite era super simples... e suja, com uma sacada e uma lindavista. Uma limpezinha e isso aqui vai virar uma suíte imperial. Penso sarcástica.
- Vou ficar. - anuncio. - Quando posso me transferir?
- Assim que pagar o primeiro mês. - ela responde.
Tudo devidamente acertado, volto as ruas. Volto a praça, para ser mais exata. Há quanto tempo não como? Passo pelo Carrinho de Lanches do Tião, que pena. fechado. Encaminho para a sorveteria. Hum... Vou matar o que está me matando...
Legenda
Itálico --> Pensamentos
Underline--> Falas

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptyQui Nov 24, 2011 7:06 pm

07/09 (Quarta-feira)

Beiravam as nove horas da manhã, tive um sono, que melhor impossível. Sem sonhos, só o descanço. Pela manhã, acordei ainda com sono. peguei a primeira roupa que vi pela frente (um vestido azul). Tomei café da manhã, e agora, estou eu de volta a praça. Pronta para conhecer lugares novos, pessoas novas. Infelizmente, encontro um grupo pequeno de pessoas, e nenhuma delas parece muito receptiva a conversas. Melhor nem tentar.
Sento-me em um banco, próximo ao cinema, e fico observando o movimento das pessoas por bons trinta minutos. É, meio chato, não? Enfim, depois de observar várias pessoas e constatar que não falaria com ninguém, até que visse alguém simpático o suficiente para falar comigo, resolvo voltar para a pensão. No caminho para o carro, vejo, nada mais nada menos do que o homem mais bonito que eu ja havia visto. O "não falar com ninguém até que venham falar comigo" de repente desapareceu da minha mente. Cabelos castanhos, olhos castanhos, alto, bom corpo... Hum... Se todas as pessoas dessa cidade forem desse jeito, eu estou feita. Me vejo indo em direção aquele garoto, mesmo sem um pensamento conciente.
- Olá - Digo de maneira quase automática. Logo que me dou conta de que ele nada faz a não ser me olhar, corrijo-me - Digo, desculpe incomodar. - E viro as costas, indo em direção ao carro, de cabeça baixa e vermelha de vergonha. O que deu em mim, falar com um completo desconhecido. Logo eu, que morro de vergonha por qualquer coisinha. Bem feito, tava na cara que não conseguiria se adaptar a nova cidade. Humpf.


Legenda:
Itálico --> Pensamentos
Underline --> Falas


ENCERRADO


Última edição por Rebekah Alice em Sab Dez 03, 2011 4:00 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptyTer Nov 29, 2011 5:17 pm



Quando iniciou toda aquela bagunça não tinha certeza que proporções ela tomaria, mas como se não conhecesse Jolian muito bem tratou de continuar a farra. Disfarçou o sorrisinho de canto e foi para cima de Tião. O homem não estava entendendo nada, não sabia se corria, se pedia socorro, se reagia - já que os dois malucos que continuavam a gritaria sem nenhuma vergonha pareciam estar mais interessados em roubar a comida do que o dinheiro – Antoni sem delongas enfiou a mão em uma caixa de isopor e começou a fazer a limpa no carrinho. Jolian ainda gritava aos quatro ventos sobre as malditas ervilhas.

O Italiano passou a mão por um cachorro quente já pronto e enfiou na boca enquanto ocupava-se em terminar de encher a tal caixa, estava prestes a puxar o outro para irem quando deu falta de algo. O rapaz semi-serrou os olhos e avançou para o comerciante, deixou a caixa no chão grudando o homem pela gola e encarando-o quase entrando em estado de fúria.

-MEU SENHOR! EU ESPERO SINCERAMENTE QUE O SENHOR NÃO ESTEJA ESCONDENDO O MOLHO ESPECIAL DE MIM!!! – aproximou o rosto do homem deixando o hálito quente sobre ele – EU NÃO VOU TOLERAR ESSA TRAIÇÃO MEU SENHOR! – por um momento ficou em silencio e quando não ouve resposta, resolvei que precisava ser mais enérgico. – VOCÊ COLOCA ERVILHA NO LANCHE DO MEU COMPARÇA, ERVILHA! E ESCONDE O MOLHO DE MIM! NÃO TEM AMOR A VIDA MEU BOM HOMEM?

Em um instinto louco deu uma chacoalhada no senhor que fez com que os óculos do mesmo caíssem de seu rosto, sem reações maiores Tião apontou para um compartimento dentro do balcão do carrinho que Antoni abriu sem demoras. Ao ver a quantidade de molho especial que continha na vasilha não se conteve e deu um beijo na testa do velho enquanto falava qualquer coisa em italiano.

O que de fato não passou despercebido dos olhos maliciosos de Jolian que no exato momento do ocorrido olhou Antoni com a cara mais safada que conseguia fazer, o que provavelmente geraria uma discussão entre os dois se não tivessem ouvido barulho de sirenes ao longe. Fora questão de sintonia, Antoni passou a mão nas duas caixas e saiu correndo acompanhado por Jolian que vinha logo atrás comendo e correndo [?]

-VAMO BIXA! CORRE QUE NEM HOMEM!

Antes que fosse ultrapassado pelo outro Antoni enfiou-se em um beco qualquer se dirigindo para trás de uma carroça abandonada, colocou as coisas no chão e sentou-se com um sorriso de canto.

-Puta merda, que fome do inferno. Espero que esse molho seja muito bom se não o Tiozinho lá vai se ver comigo...

Pegou o lanche que começara a comer anteriormente e continuou sua tarefa sem dar muita atenção ao outro, melhor dizendo, esqueceu-se completamente do amigo... Talvez fosse a fome... Ou talvez... Pela pequena estatura dele... [clo2]


________________
Vou levar um puta xingo do Dav pela demora, mas foi por uma boa causa... Dav seu tchuco ta ae saf2




Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptyQui Dez 29, 2011 10:12 am

29/12/11 ~ 13:10


Ele chegou. saiu do táxi e olhou a sua volta. Um leve formigar em sua nuca, o dizia que havia vampiros em todas as direções, mas não só vampiros, bruxos e licantropos, também. Bem Klaus, era isso que você queria, é isso que você vai ter. Pensou. Começou a caminhar, uma brisa bateu em seu rosto. Sorriu ao sentir o roçar vento, seguiu em frente rumo ao desconhecido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:15 am

Klaus parou de ler a mente dela, iria levantar muitas suspeitas, e alem do mais, nem a conhecia direito. Sorriu ao escutar a pergunta dela. Sentaram-se em um banco. - Perdi horas rindo do casal com o carro. - Digo e escondo que eu havia feito o carro parar de funcionar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:20 am

- Eu bem que percebi que segurava o riso quando te vi no estacionamento. Qual era a graça? - Pergunto com um sorriso. - O que aconteceu, por falar nisso? - Complemento minha pergunta, com um riso curto.
Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:26 am

Ele olha para ela. - Pelo que entendi, eles ião dar um passeio pela cidade. Só que o carro não funcionou. - Disse a ela. - Eu estava lá parada vendo e perdi a hora, acho que o carinha estava tentando alguma coisa com a garota. - Explica já rindo. - Você sabe, né? - Diz.

[OFF ~ Irmão e Mayu, sorry mas não consegui resistir. Tive que zoar vocês. kkkk]
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:33 am

Ao ouvir o comentário, arregalo os olhos, logo depois rindo com ele. - Que decepção pra eles eim? - comento rindo um pouco mais. - Mas então, o que te trouxe pra cidade? - Pergunto procurando saber mais sobre Klaus.
Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:37 am

Caos, desordem e confusão.Seria resposta certa, mas a dado foi. - Queria novos ares, conhecer gente nova, fazer novos amigos e quem sabe me apaixonar. -O final era a maior mentira, mas ele sabia que não estava livre do amor. - E você? - Pergunta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:41 am

Hm, essa é uma pergunta difícil... - Queria começar uma vida nova, esquecer a antiga. - Respondi tentando ser o mais sincera possível, colocando até um sorriso no fim da frase, apesar de todas as lembranças que passavam por minha mente.

Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:45 am

Vida nova, sempre é bom. -Diz com um sorriso, não iria falar que sabia sobre a sua vida antiga, pelo menos o que ela deixou que ele vise. - Na vida nova, você pode ser quem quiser. Diz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:52 am

- Fato. - Respondo pensativa. Principalmente quando se quer mudar completamente... Mas mudar esta sendo uma tarefa mais difícil do que eu pensei que seria.

Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 11:58 am

Klaus começa a sentir uma estranha sensação de formigamento na nuca, olha ao redor, uma alegre senhora está sentada ao lado de Rebekah, sorrindo para ela. Um Espírito. - Diga para ela seguir em frente, diga que ela deve se desapegar ao passado. Klaus repete o que a senhora falou.





Avó de Rebekah
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:02 pm

Olho em seus olhos com um sorriso triste. - Falar é fácil... - Logo depois baixando a cabeça de novo. - Não espero que me entenda... - disse com um esboço de sorriso nos lábios.

Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:07 pm

Eu posso não te entender, mas sua avó sim. - Diz para ela, e continua a olhar a senhora. - Ela que mandou eu dizer para você seguir em frente. Explica.





Avó de Rebekah
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:14 pm

- Minha-Minha avó? - O que ele está fazendo, me lembrando de tudo? Afinal, como ele sabe da minha avó?! - Que tipo de brincadeira é essa? - Eu disse, ja me levantando do banco onde estávamos sentados.
Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:20 pm

Eu sou mais que um humano. - Digo para ela. Fecho os olhos e começo a murmurar o feitiço. Spiritum dico vobis, a forma corporali, meae vires Usai exhibeo sursum. A senhor que antes era apenas visível para Klaus, começou a criar forma e ser visível para ela.
Minha pequena Kah. - A senhora disse.




__________________________________
Avó de Rebekah
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:25 pm

A forma de minha avó foi ficando cada vez mais nítida. - Minha pequena Kah. - Ela disse. - Vovó? - Eu perguntei com lágrimas escorrendo de meus olhos. - Sinto tanto sua falta. - digo secando os olhos, me recusando a chorar na frente daquele... Ser. - Quem é você, por sinal?

Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:31 pm

Ele é apenas, umas pessoa.- A senhora diz. Klaus olha para as duas. - Já te respondo, senhora sabe que não posso fazer a senha ficar por mais tempo. - A avó de Rebekah, da um suspiro carinhoso para os dois. - Eu sei, aqui não é mais o meu lugar. Ela se volta para Rebekah. - Minha pequena, siga em frente, por mais que doa, que te faça chorar. Leve em conta o que vivemos. - Ao terminar de dizer a senhora desaparece. Klaus olha para ela. - Eu sou um bruxo. - Digo.


_______________________
Avó de Rebekah
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:37 pm

- Eu vou tentar Vovó. Eu prometo. - Eu digo com a voz entrecortada. - Eu sou um bruxo. - Ele diz. Tento me recuperar da cena que se passou e comento. - O que vai me dizer agora? Que vampiros existem? - pergunto ja brincando, quase num estado normal.

Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:39 pm

Se eu fosse você não brincaria tanto. - Diz para ela. - Existem muitas coisas estranhas no mundo. - Explica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:46 pm

- É verdade... Desculpe - Digo rindo. - Mas vampiros? sinceramente... - Meu Deus, Será que ele é realmente bruxo? Mas de que outro jeito explicaria oq acabou de acontecer?

Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Klaus Kauffman
Administrador
Administrador
Klaus Kauffman

Mensagens : 2274
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 27
Localização : Nos seus piores pesadelos

Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:48 pm

Vampiros, lobisomens, bruxos e muitos outros seres sobrenaturais. - Diz para ela. - Sei que é difícil acreditar nas coisas assim, mas é a verdade. Explica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/giancamposm
Convidad
Convidado



Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 EmptySeg Jan 02, 2012 12:54 pm

- E essa cidade é uma concentração desses seres? - Deus, como eu vim parar aqui? De todas as cidades, onde eu venho parar? No meio de varios seres diferentes. Eu devo estar maluca.
Legenda:
Itálico --> pensamentos
Underline --> Falas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Praça da Cidade - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Praça da Cidade   Praça da Cidade - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Praça da Cidade
Voltar ao Topo 
Página 10 de 19Ir à página : Anterior  1 ... 6 ... 9, 10, 11 ... 14 ... 19  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
The Vampire Diaries Brasil RPG :: RPG The Vampire Diaries :: --
Ir para:  

A trama do fórum está disponível aqui(LINK).

O fórum está oficialmente aberto, e ele foi resetado ou seja: todos as vagas estão livre, os cannons e avatares foram deletados, assim como as fichas de personagens.

E agora nós criamos mais personagens que não fazem parte da série, e colocamos do jeito que nós queremos, vocês estão livres para pegarem os cannons que quiserem, contanto que falem com a Administração primeiro.